AJIT - O microprocessador desenvolvido e fabricado na Índia

AJIT - O microprocessador desenvolvido e fabricado na Índia
AJIT - O microprocessador desenvolvido e fabricado na Índia
A empresa indiana SCL (Semi-Condutor Laboratory) entrou para a lista dos poucos países a serem fabricantes de chips (algumas delas seriam USA, Canada e China) apresentando o processador AJIT.
Confiram o curso de migração para Linux TOCA DO TUX e aprenda Linux de verdade.

 Apesar de ser o primeiro projetado no país, esse não é o único fabricado por lá. A família de processadores j-core que abordo muito aqui no canal, está sendo fabricado por lá também. É uma tendencia natural; as coisas começam mudar de quadro em país como a China, a tendencia é ir para outro.

 Como já mencionei, o j-core é baseado no processador SuperH da Hitachi que foi utilizado no vídeo game Dreamcast e em robôs de montadoras de carros na Asia. Eu já escrevi alguns artigos sobre e fiz até um vídeo sobre o processador (e fui além, entrevistei um dos que trabalham em seu desenvolvimento)


 Pouco se sabe sobre o AJIT; mas o que podemos obter de informação é que um processador de 32 bits com clock de 70 a 120MHz., possui Unidade lógica e aritmética (ULA), Unidade de Gerenciamento de Memória (MMU), Unidade de Ponto Flutuante (FPU) e Unidade de Depuração de Hardware (Hardware Debugger Unit = HDU), mas não se sabe qual a sua arquitetura.

 Seus chips são de 180 nanômetros mas há planos para mudarem para 65. Esse processador irá custar em torno de $1.44 (sim, um dólar e quarenta e quatro centavos). Aí alguém pode chegar a dizer:
"E o que que eu vou querer fazer com um processador desses com clock tão baixo e uma litografia tão grande? KKKKKK"

 É, geralmente as pessoas tem esse tipo de limitação quando se baseiam unicamente no que veem ou conhecem. Mas esse processador não será focado em desktops mas sim em painéis de controle, set-top boxes, controle de tráfego e robótica. E porque eu estou falando desses processador? Simples, porque sim.

Fonte

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (5) A.I (1) ambiente gráfico (13) AMD (13) analise (8) Andriod (8) artigo (5) benchmark (1) BSDs (14) btrfs (8) Caixa de Ferramentas do UNIX (21) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (7) Código Fonte (53) comandos (16) comp (1) compressores (5) container (2) CPU (12) criptografia (2) crowdfunding (9) cursos (18) daemons (13) Debian (30) desenvolvimento (52) desktop (14) DevOps (1) DevSecOps (1) dic (1) Dica de leitura (49) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (11) Docker (16) DragonflyBSD (9) ead Diolinux (2) edição de vídeo (4) EMMI Linux (4) emuladores (4) endless (5) English interview (2) Enless OS (2) entrevista (16) espaço aberto (87) evento (3) facebook (1) filesystem (54) financiamento coletivo (2) fork (2) fox n forests (4) FreeBSD (9) Funtoo Linux (13) games (87) gerenciadores de pacotes (1) GOG (3) google (8) gpu (1) hardware (94) I.A (1) init system (7) Intel (14) IoT (1) ispconfig (1) jogos (31) kernel (114) lançamento (32) leis (1) LFCS (1) licenças (7) Linus (14) Linux (194) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (4) LPI (10) LTS (1) machine learning (1) mesa redonda (28) microst (1) muito além do GNU (106) não viva de boatos (10) navegadores (2) NetBSD (3) novatec (17) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (14) open source (76) OpenBSD (3) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (33) padrim (2) palestras e eventos (2) partições (6) pentest (6) processadores (20) professor Augusto Manzano (11) Programação (38) propagandas com Linux (8) Red Hat (10) redes (2) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (23) retrospectiva Linux (1) runlevel (2) segurança digital (13) servidores (1) sistema operacional (13) Software livre e de código aberto (150) sorteio (3) Steam (8) Steam no Linux (6) supercomputadores (3) suse (3) systemd (8) terminal (71) toca do tux (1) toybox (12) tutorial (2) Tux (2) unboxing (7) UNIX (16) UNIX Toolbox (15) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (3) wayland (1) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (1) wine (11) WoT (1) ZFS (4)