Mostrando postagens com marcador certificações Linux. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador certificações Linux. Mostrar todas as postagens

Segura a promoção do meu curso aí, galera

NÃO SE ESQUEÇA DE SE INSCREVER NO MEU CURSO DE MIGRAÇÃO PARA LINUX.

    Como hoje Sextou em plena Quinta-Feira, estou disponibilizando uma promoção do meu Curso de Migração para Linux. Como já mencionei outras vezes, meu curso é elaborado para que vocês possam estudar para certificações como a LPI e LFCS. Só que não para por aí; meu curso é elaborado também para profissionais Windows que precisam aprender Linux para assim trabalhar com as novas ferramentas da Microsoft. Então abraça enquanto dá tempo, galera:

Novidades na nova versão 5.0 da Certificação LPIC-1

Principais atualizações para o LPIC-1 em breve
Principais atualizações para o LPIC-1 em breve
 Ano passado a LPI anunciou a versão 5.0 dos exames da LPIC-1, e mantendo com o compromisso de manter o curso sempre atualizado, as aulas referentes aos novos conteúdos cobertos por essa versão já estão disponíveis no curso.
Preparatório para Certificação Linux LPIC-1 e CompTIA Linux+
 No entanto, as aulas referentes à versão 4.0, e que não fazem mais parte da versão 5.0, não foram removidas pois o candidato ainda tem a opção de realizar os exames na versão antiga e também porque os exames LX0-103 e LX0-104 da CompTIA Linux+, que estarão disponíveis até Outubro/2019, continuam utilizando a versão 4.0 da LPIC-1.

Papo sobre LPI com o Mateus Müller do canal 4Fasters

O Mateus já esteve conosco no canal debatendo sobre a sua proposta com o 4Fasters. 4Fasters é o canal voltado ao compartilhamento de conhecimento sobre a LPI, LFCS, pentest e muito mais.

Agora vamos falar sobre certificações LPI. LFC, CompTIA Linux+ e seus cursos voltados aos temas da live. Foi uma live muito boa esclarecendo a duvida do pessoal e debatendo nossos planos futuros.

Curso COMPLETO Para Certificação CompTIA Linux+ e LPIC-1

Curso completo para certificação CompTIA Linux+ e LPIC-1  com o Mateus Müller da 4Fasters

Se lembram do Mateus Müller do canal 4Fasters? Não? Eu e o Mateus já fizemos um vídeo em cada canal trocando uma ideia. Confiram então o bate papo que tivemos o ano passado:


A certificação LPI está entre as  mais procuradas do mundo por profissionais da área de Tecnologia da Informação.

O LPI é reconhecido como a primeira organização do mundo a defender e ajudar o uso profissional do Linux, Open Source e Free Software através de certificação profissional. Os exames de certificação do LPI são aplicados em milhares de lugares no mundo, em vários idiomas e com o apoio de empresários, fabricantes e instrutores.

De lá para cá o Mateus vem mostrando o seu talento. O Mateus é certificado LFSC e LPI e compartilha conhecimento relacionado as certificações e experiencias aplicadas. Agora o Mateus está com seu curso COMPLETO Para Certificação CompTIA Linux+ e LPIC-1 na Udemy. Confiram só o currículo do cara:

Microsoft Azure Traz CoreOS Linux a China


Muralha da China (Imagem Creative Commons Zero)
 Em Abril desse ano, a Microsoft já havia anunciado que iria estender o negócio de computação em nuvem para a China e mais de 65.000 empresas já haviam assinado para ter o Microsoft Azure na China. Com o Core OS Linux, esse serviço se tornou possível.

CoreOS Linux, um sistema operacional open source Linux, agora está disponível na China. O operador Microsoft Azure 21Vianet se tornou o oficialmente o primeiro fornecedor de suporte a nuvem a oferecer o CoreOS Linux na China. Até agora, muitas organizações chinesas tem empregado o CoreOS Linux internamente, por conta própria.

"Como um prestador de suporte de Linux e open source, nós acreditamos na importância de trabalhar com a inovadores em open source como o CoreOS para capacitar escolha e flexibilidade para os clientes cloud," disse Mark Russinovich, Chief Technology Officer, Microsoft Azure em uma declaração a imprensa. "A combinação do CoreOS Linux com o poder e escalabilidade da nuvem da Microsoft ajudará a inspirar a criação de novas aplicações e colaboração através de equipes em torno do mundo" disse ele.

Com essa disponibilidade do CoreOS Linux em novas regiões, tanto pequenas quanto grandes empresas através dos continentes se beneficiarão de rodar suas aplicações em software containers em uma plataforma globalmente consistente, disse Alex Crawford, lider do CoreOS Linux da CoreOS, em um entrevista com Swapnil Bhartiya da linux.com.

 Com tecnologias de plataforma aberta, os negócios chineses serão capazes de mais fácil adotar infraestrutura de containers enquanto que empresas fora da china poderão estender uma únicoa  plataforma container e empregar aplicações na China.

Quem quiser conferir o projeto Core OS Azure, pode conferir no link:

Sobre o Linux

 Mais de 20 anos atrás, Linus Torvalds desencadeou uma revolução open source com um curto email declarando que ele estava fazendo um novo projeto “apensas por diversão.” Hoje, Linux apodera 98% dos super computadores do mundo, a maioria dos servidores de Internet, a maioria das bolsas de valores no mundo, dezenas de milhares de smart phones com Android e outros dispositivos. Em suma, Linux está em todos os lugares.



Sobre o Linux

 A Linux Foundation está aqui para ajudar. Ao prestar suporte a equipe de desenvolvimento do kernel -- incluindo empregar o próprio Linus Torvalds -- e promover colaboração em uma escala verdadeiramente massiva, a Linux Foundation une milhares de mentes curiosas na livre e aberta troca de ideias. Com essa sabedoria coletiva, pessoas de todos os lugares estão utilizando Linux para solucionar problemas mais difíceis, inovam mais rápido do que nunca, e mudam o jeito que o mundo trabalha junto. Estamos aqui para proporcionar os serviços cruciais e infraestrutura coletiva para continuar o avanço e proteção do Linux.


A Linux Foundation está aqui também para ajudar empresas e indivíduos a navegar nas constantes mudanças da paisagem do Linux. De programas de orientação a novos membros a avançados serviços de consultoria, estamos aqui para guiá-lo através do labirinto das oportunidades open source —então você pode fazer a maioria do seu investimento Linux. Junte-se a nós.

Estamos também dedicados a expandir o DNA colaborativo do Linux a outras empresas e mercados. Empresas, projetos open source e desenvolvedores individuais podem trabalhar com os nossos projetos colaborativos da Linux Foundation para realizarem desenvolvimento colaborativo do jeito de fato de solucionar os problemas mais difíceis do mundo. Você pode participar em larga escala, inovação de ampla industria ao unir-se a um Projeto Colaborativo da Linux Foundation ou iniciar um seu próprio.

Bem como a própria plataforma Linux, nossa comunidade Linux Foundation é intrinsecamente projetada para a flexibilidade. Se você quiser impulsionar seu know-how de conformidade open source, encontre-se com desenvolvedores em torno do mundo, ajude equipe a construir seus Linux chops, ou participe em esforços colaborativos massivos, suas oportunidades de se envolver são literalmente bem abertas. Por favor explore nossos programaseventos e treinamentos para verificar como você pode se envolver.


Certificações Linux

 Já que mencionei sobre a certificação LPI no ultimo artigo, bora então comentar sobre certificações Linux? Esse é um artigo extraído do site Linux.comExistem muitas certificações Linux e mesmo que não venhamos a nos certificar em todas, vale a pena ter conhecimento de existência delas.

Certificações Linux

Linux.com / Linux Certifications
As certificações Linux aos profissionais Linux demonstrar treinamento formal e especialização. Enquanto não solicitada para começar ou avançar uma carreira Linux, certificações pode ser úteis em colocar seu currículo no topo da pilha. Há uma variedade de provedores para as certificações Linux. Linux Professional Institute oferece uma certificação geral, enquanto que a Red Hat, SUSE e Oracle todas possuem certificações personalizadas para suas distribuições Linux. Quando escolher um programa de certificação Linux, aqui estão as top três coisas a se considerar:
  • Uma autoridade respeitada. O provedor da certificação possui credibilidade? Uma certificação da organização será amplamente reconhecida?
  • Distribuição. A certificação alinha com a distribuição primária que você utiliza? Quanto você conhece a distribuição que ela é testando?
  • Custo. O exame é acessível? O que é incluso no custo e quais são os gasots imprevistos tais quais viagem e materiais?
Cinco programas de certificações Linux respeitadas incluem:

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (5) A.I (1) ambiente gráfico (19) AMD (14) analise (9) Andriod (14) android (5) artigo (5) aws (1) bc (16) benchmark (3) BSDs (27) btrfs (30) bugs (1) Caixa de Ferramentas do UNIX (19) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (7) Código Fonte (53) comandos (24) comp (1) compressores (5) container (6) CPU (19) criptografia (4) crowdfunding (9) cursos (24) daemons (13) Debian (31) desenvolvimento (80) desktop (19) DevOps (3) DevSecOps (3) dic (1) Dica de leitura (86) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) Dicas TechWarn (1) diet libc (1) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (13) Docker (11) DragonflyBSD (20) ead Diolinux (2) edição de vídeo (5) EMMI Linux (4) emuladores (5) endless (5) English interview (3) Enless OS (2) entrevista (17) espaço aberto (82) evento (6) facebook (1) Fedora (10) filesystem (75) financiamento coletivo (2) fork (4) fox n forests (4) FreeBSD (20) Funtoo Linux (13) games (90) gerenciadores de pacotes (3) GOG (3) google (8) gpu (3) hardware (101) hash (1) helenos (3) I.A (1) init system (8) Intel (15) IoT (1) ispconfig (1) jogos (36) kde (1) kernel (134) lançamento (60) leis (1) LFCS (1) licenças (8) Linus (16) linus torvalds (2) Linux (194) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (5) LPI (8) LTS (1) machine learning (1) matemática (4) mesa redonda (27) microsoft (6) microst (1) muito além do GNU (146) não viva de boatos (9) navegadores (3) NetBSD (7) novatec (17) novidades (1) nuvem (1) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (12) open source (82) OpenBSD (5) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (39) padrim (2) palestras e eventos (5) partições (6) pentest (8) pipewire (1) processadores (27) professor Augusto Manzano (11) Programação (60) promoção (1) propagandas com Linux (8) Red Hat (21) redes (3) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (19) retrospectiva Linux (1) risc-V (1) runlevel (2) segurança digital (19) servidores (1) shell (3) sistema operacional (22) smartphones (3) Software livre e de código aberto (150) sorteio (3) Steam (9) Steam no Linux (7) supercomputadores (4) suse (7) systemd (7) terminal (83) terminal de comandos (11) toca do tux (1) toybox (23) tutorial (6) Tux (3) unboxing (7) UNIX (16) UNIX Toolbox (14) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (4) wayland (5) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (2) wine (14) WoT (1) ZFS (13) zsh (2)