Days Gone no Linux

Days Gone no Linux
Days Gone no Linux

    Beleza galera? Ontem o Junior do canal Tuxter Games postou esta gameplay rodando Days Gone no Fedora 34 utilizando o DXVK 1.8.1 - Proton-experimental via LutrisDXVK 1.8.1 - Proton-experimental via Lutris.

    As especificações para que o jogo funcione bem estão no próprio vídeo do canal. Confiram aí:


    Mesmo não sendo mais compatível com o Lutris, foi com a build do proton-experimental que obtive melhor desempenho no game. Pra rodar o game sem crashar tem que desativar o "lutris Runtime" caso não faça o jogo não inicia. Hoje é preciso usar as libs do dxvk git master.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viu algum erro e quer compartilhar seu conhecimento? então comente aí.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (5) A.I (1) ambiente gráfico (19) AMD (14) analise (10) Andriod (16) android (7) Apple (1) arm (4) artigo (5) aws (1) bc (23) benchmark (6) BetrFS (1) blackhat (1) BSDs (29) btrfs (32) bugs (2) Caixa de Ferramentas do UNIX (19) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (7) Código Fonte (54) comandos (30) comp (1) compressores (5) container (7) CPU (19) cracker (1) criptografia (5) crowdfunding (9) cursos (24) daemons (13) Debian (31) desempenho (1) desenvolvimento (90) desktop (19) DevOps (3) DevSecOps (4) dic (1) Dica de leitura (90) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) Dicas TechWarn (1) diet libc (3) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (14) Docker (12) DragonflyBSD (22) driver (1) ead Diolinux (2) edição de vídeo (5) embarcados (1) EMMI Linux (4) emuladores (9) endless (5) English interview (3) Enless OS (2) entrevista (17) espaço aberto (82) evento (6) facebook (1) Fedora (10) filesystem (82) financiamento coletivo (2) fork (4) fox n forests (4) FreeBSD (20) Funtoo Linux (13) games (93) gerenciadores de pacotes (4) glaucus (2) GOG (3) google (8) gpu (3) hacker (2) hardware (104) hash (1) helenos (3) I.A (1) init system (10) Intel (15) inteligencia artificial (1) IoT (1) ispconfig (1) jogos (37) kde (1) kernel (138) lançamento (64) leis (1) LFCS (1) libs (2) licenças (8) Linus (16) linus torvalds (2) Linux (194) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (5) LPI (8) LTS (1) Mac (1) machine learning (1) matemática (9) mesa redonda (27) microcontroladores (1) microsoft (6) microst (1) muito além do GNU (159) musl (2) não viva de boatos (9) navegadores (5) NetBSD (7) newlib (1) nim (1) nintendo (1) novatec (17) novidades (1) nuvem (1) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (12) open source (84) OpenBSD (6) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (42) padrim (2) palestras e eventos (5) partições (6) pentest (8) performance (1) pipewire (1) plan9 (1) playstation (1) processadores (30) professor Augusto Manzano (11) Programação (64) promoção (1) propagandas com Linux (8) ps4 (1) real-time. (1) Red Hat (22) redes (4) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (19) retrospectiva Linux (1) risc-V (14) RISCV (13) rtos (1) runlevel (2) rust (12) segurança digital (24) servidores (1) shell (7) shell script (6) sistema operacional (25) smartphones (3) Software livre e de código aberto (151) sorteio (3) Steam (10) Steam no Linux (8) supercomputadores (4) suse (5) systemd (7) terminal (87) terminal de comandos (16) toca do tux (1) toybox (26) tutorial (6) Tux (3) unboxing (7) UNIX (17) UNIX Toolbox (14) vartroy (1) vga (1) virtualização (2) vulnerabilidade (6) wayland (5) whatsapp (1) whitehat (1) Windows Subsystem for Linux (2) wine (14) WoT (1) ZFS (15) zsh (3)