Testamos a nova versão do toybox e veja o que descobrimos.

bug-no-toybox-tar
Bug no comando toybox tar
 Pouco mais de três meses e meio depois do lançamento da versão 0.8.0, é lançada a nova versão. toybox é terminal de comandos desenvolvido exclusivamente para Linux combinando muitos comandos comuns no Linux em um único binário assim como o Busybox; porém possuindo código mais limpo, mais simples, mais claro e mais fácil de manter. Com o tempo a comunidade. Com o tempo, a comunidade FreeBSD decidiu portá-lo; o que acabou dando origem a versão para MacOS X também. Está sob licença cláusula zero da BSD (0-BSD) e é compatível com a POSIX-2008 e o padrão LSB4.1.
curso-linux-da-migração-a-administração-do-sistema-operacional
CLIQUE AQUI, VENHA APRENDER LINUX COMIGO E TORNE-SE UM VERDADEIRO PROFISSIONAL.
 Quando lancei o primeiro vídeo no canal, o toybox era adotado no Adnroid 7 e no Tizen. Desde então os comandos do toybox vem ganhando mais espaço no POSIX-2008/SUSv4, no Linux Standard Base, no buildroot, na klibc (que já teve vídeo no canal), no Nash do Fedora, no Beatiebox do FreeBSD, no BsdBox, e vários outros projetos que podem ser conferidos o Use Case do toybox (clicando aqui).

 O que eu percebo é que o toybox acabará substituindo o Busybox assim como o Linux substituiu o Minix e o Neo Vim anda substituindo o Vim; isso acaba sendo uma lei natural. Mas encontrei um pequeno bug nele e quis compartilhar essa com vocês:

 Ok, reportado o bug a comunidade, agora é esperar pois eles andam bem ocupada com outros trabalhos (talvez mais importantes) no projeto como várias correções na versão do MacOS, na parte de uso de CPU do comando top, e remoção de getprop, setprop, start e stop do toybox, melhorando os nomes dos sinais do comando kill, na parte de variáveis e mais outras partes (aqui dei mais um trabalho para eles; ou talvez adiantei o trabalho deles).




Compartilhe isso

Leia outros posts

Próximo post
« Próximo post
Post Anterior
Próximo Post »