Lançada musl 1.1.19

Lançada musl 1.1.19
Lançada musl 1.1.19
Musl é uma biblioteca C para Linux que visa a substituição da tradicional GlibC trazendo muitos recursos que por anos não existem na glibc. Musl torna os programas mais enxutos, mais leves, mais estáveis, mais seguros e mais poderosos.

Existe casos de quando adotar ou não a musl. Aqui tem uma lista onde encontramos as diferenças funcionais entre musl e gilbc.
E na lista a seguir uma lista do que falta na musl para substiruir a glibc por completo:
Tendo estas duas listas, sabemos quando aplicar uma e quando aplicar a outra (por hora).


Neste lançamento foram adicionados novos recursos como:
  1. Funcionalidade a iconv incluindo suporte a stateful encodings (até agora, ISO-2022-JP e UTF-16/32 com BOM-determined endianness)
  2. Conversão a encondings japonês baseado em JIS-based (anteriormente apenas de direcion havia suporte)
  3. Codeset EBCDIC (até agora IBM1047)
  4. e DOS Cyrillic (CP866)
  5. Dados de caracteres tem sido atualizados para alignment com Unicode 10.0
  6. A função da extensão fopencookie stdio e extensões strftime padding foram adicionadas
  7. Muitas melhorias com compatibilidades menores e correções de bug foram feitas

Baixe a musl-1.1.19 clicando aqui
Confiram a assinatura PGP na musl-1.1.19
Rich faz um agradecimento especial aos patrocinadores da musl:
  • Justin Cormack
  • Les Aker
  • Neal Gompa
  • Hurricane Labs (hurricanelabs.com)
  • The Midipix Project (midipix.org)

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Comentário

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (3) ambiente gráfico (11) AMD (13) analise (8) Andriod (6) artigo (5) benchmark (1) BSDs (12) btrfs (6) Caixa de Ferramentas do UNIX (21) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (7) Código Fonte (53) comandos (13) comp (1) compressores (5) container (1) CPU (12) criptografia (1) crowdfunding (9) cursos (18) daemons (13) Debian (30) desenvolvimento (44) desktop (13) DevOps (1) DevSecOps (1) dic (1) Dica de leitura (44) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (11) Docker (15) DragonflyBSD (5) ead Diolinux (2) edição de vídeo (4) EMMI Linux (4) emuladores (2) endless (5) English interview (2) Enless OS (2) entrevista (16) espaço aberto (87) evento (3) facebook (1) filesystem (47) financiamento coletivo (2) fork (2) fox n forests (4) FreeBSD (8) Funtoo Linux (13) games (84) GOG (3) google (8) gpu (1) hardware (92) init system (6) Intel (14) IoT (1) ispconfig (1) jogos (27) kernel (110) lançamento (22) leis (1) LFCS (1) licenças (6) Linus (14) Linux (193) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (4) LPI (10) LTS (1) mesa redonda (28) microst (1) muito além do GNU (93) não viva de boatos (9) navegadores (2) NetBSD (2) novatec (16) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (14) open source (76) OpenBSD (2) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (29) padrim (2) palestras e eventos (2) partições (6) pentest (6) processadores (19) professor Augusto Manzano (9) Programação (30) propagandas com Linux (8) Red Hat (10) redes (2) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (23) retrospectiva Linux (1) runlevel (2) segurança digital (12) servidores (1) sistema operacional (10) Software livre e de código aberto (149) sorteio (3) Steam (8) Steam no Linux (6) supercomputadores (1) suse (3) systemd (7) terminal (68) toca do tux (1) toybox (10) tutorial (2) Tux (2) unboxing (7) UNIX (16) UNIX Toolbox (15) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (3) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (1) wine (11) WoT (1) ZFS (2)