O que as empresas usam?

Google, Facebook, Twitter e Dropbox
Google, Facebook, Twitter e Dropbox

Beleza galera? Em uma conversa, o Jan Palacha e eu resolvemos debater quais tecnologias são utilizadas pelas empresas. Achamos interessante a ideia e vamos falar sobre seis empresas dividindo em dois artigos. É difícil afirmar todas as tecnologias adotadas por uma empresa, mas aqui daremos uma base.

A ideia é mostrar aos inscritos a necessidade de ser flexível ao adotar alguma tecnologia a ser implementada (e não ser movido unicamente por paixão). O Jan mostrará a parte de desenvolvimento e eu a parte de sistema operacional. Bora pro debate.

Google

O google começou usando a linguagem Python e C++. E ao que me consta usaram/usam Linux e Solaris em suas infraestruturas. O youtube que virou um produto do conglomerado Google, foi inteiramente escrito em Python, com alguns tricks de C para comportar performance.
De acordo com Documentos do Google, seus servidores foram migrados de Red Hat Enterprise Linux para um Debian modificado pela própria empresa. A migração ocorreu devido a custos; o Google criou uma empresas responsável por cuidar dela mesmo prestando todo o suporte. O Google utiliza várias versões de Linux; o ChromeOS dos Chromebooks por exemplo é uma versão modificada do Gentoo Linux com o kernel vanilla, temos o Android que possui o kernel Linux e nada de programas GNU ou sob licença GPl em seu user space, e há uma versão de ubuntu rodando nas estações de trabalho do Google:

Dropbox

Como eles costumam dizer, 99% do seu código é Python. Porém, como é sabido, Python tem performance apenas “boa”, não é nada espetacular. Então para suprir certos requisitos, eles escreveram alocadores de memória customizados em C e integraram na linguagem.

Facebook 

O chat do facebook que utiliza C++ em conjunto com Erlang na arquitetura de seu chat de mensagens. Inclusive o whatsapp é todo escrito em Erlang. Foi comprado pelo facebook alguns anos depois de criado.O facebook por si só não utiliza apenas estas tecnologias, deve ter Java, C++, Python certamente pois eles foram os criadores do non-blocking web server Tornado (http://www.tornadoweb.org/en/stable/), que também é usado extensivamente em projetos internos.
De acordo com Chriss Masson (autor do BTRFS e que trabalha dentro do Facebook), quase tudo no Facebook é Linux:

Whatsapp

Já foi citado acima.
O Whatsapp começou com FreeBSD devido seu criador seu forte adepto ao sistema operacional. Após a compra pelo Facebook, houve uma forte migração de FreeBSD para Linux (mas os antigos servidores FreeBSD ainda estão ativos). O criador do Whatsapp doou US$1.000.000,00 para a comunidade FeeBSD.

Sou analista (bilíngue) de microinformática, professor de inglês, tradutor e interprete.

 Sou também redator no blog Diolinux e um dos tradutores da distribuição Funtoo. Já fiz parte da distribuição IPFire por um tempo também, uma distribuição que gosto muito na parte de administrar o servidor por uma interface web.
 Possuo um manual chamado Caixa de Ferramentas do UNIX traduzido por mim e revisado por mais amigos que abrange tanto Linux (dentre algumas distribuições) quanto Solaris, BSDs, Mac OS X e em alguns momentos o Windows (devido a integração cliente servidor).
 Recentemente estou trabalhando em um manual de migração para Linux.

Compartilhe isso

Leia outros posts

Próximo post
« Próximo post
Post Anterior
Próximo Post »

Compre na imago brinquedos

Compre na imago brinquedos
Utilize o cupom de desconto TOCADOTUX e ecnomize 5% na sua compra