Spine - um novo emulador de PS4 disponível somente para Linux

Spine-emulador-de-ps4
Spine - um novo emulador de PS4 quase pronto e disponível somente para Linux
 Eu como amante de emuladores por poder nos proporcionar a nostalgia de poder jogar os jogos da era de ouro dos consoles, gosto de ver tal tipo de noticia. Apesar do nosso maior contato ser diretamente com jogos de consoles retrô, emulação não se limita unicamente a jogos, emulação é na verdade uma técnica utilizada em mais áreas que imaginamos ou podemos imaginar e, apesar de não ser a melhor das soluções, é de fato um salva pátria.

 Vale ressaltar também que emulação de jogos não é um crime como todos a pintam. Há sim o ponto de criminalidade, mas também há o ponto de negociação. Prova disso é que a industria de jogos está reconhecendo a sua eficácia e até mesmo fazendo adesão a técnica para uso comercial (como é o caso dos retro consoles sendo vendidos hoje em lojas de jogos).
curso-linux-da-migração-a-administração-do-sistema-operacional
CLIQUE AQUI, VENHA APRENDER LINUX COMIGO E TORNE-SE UM VERDADEIRO PROFISSIONAL.
 Apesar de terem acreditado ser fake devido principalmente a quantidade limitada de informações (e a reputação dos desenvolvedores), surgiu recentemente um novo emulador de de PS4 chamado Spine e que está ganhando a atenção da galera após ter aparecido em um vídeo rodando Mega Man Legacy Collection quase sem falhas.


 O emulador ainda está sob desenvolvimento e disponível somente para Linux no formato de pacote Flatpak StandAlone (sem código fonte disponível) tendo como dependência somente o GL e SDL2.
Baixe o emulador no GitHub.
Mais sobre jogos no blog
E NÃO SE ESQUEÇA DE SE INSCREVER NO MEU CURSO DE MIGRAÇÃO PARA LINUX. 

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (5) A.I (1) ambiente gráfico (13) AMD (13) analise (8) Andriod (7) artigo (5) benchmark (1) BSDs (13) btrfs (6) Caixa de Ferramentas do UNIX (21) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (7) Código Fonte (53) comandos (15) comp (1) compressores (5) container (1) CPU (12) criptografia (1) crowdfunding (9) cursos (18) daemons (13) Debian (30) desenvolvimento (47) desktop (13) DevOps (1) DevSecOps (1) dic (1) Dica de leitura (48) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (11) Docker (15) DragonflyBSD (7) ead Diolinux (2) edição de vídeo (4) EMMI Linux (4) emuladores (3) endless (5) English interview (2) Enless OS (2) entrevista (16) espaço aberto (87) evento (3) facebook (1) filesystem (50) financiamento coletivo (2) fork (2) fox n forests (4) FreeBSD (9) Funtoo Linux (13) games (85) GOG (3) google (8) gpu (1) hardware (93) I.A (1) init system (6) Intel (14) IoT (1) ispconfig (1) jogos (28) kernel (111) lançamento (29) leis (1) LFCS (1) licenças (7) Linus (14) Linux (194) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (4) LPI (10) LTS (1) machine learning (1) mesa redonda (28) microst (1) muito além do GNU (100) não viva de boatos (10) navegadores (2) NetBSD (3) novatec (17) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (14) open source (76) OpenBSD (3) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (32) padrim (2) palestras e eventos (2) partições (6) pentest (6) processadores (20) professor Augusto Manzano (11) Programação (34) propagandas com Linux (8) Red Hat (10) redes (2) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (23) retrospectiva Linux (1) runlevel (2) segurança digital (12) servidores (1) sistema operacional (12) Software livre e de código aberto (150) sorteio (3) Steam (8) Steam no Linux (6) supercomputadores (2) suse (3) systemd (7) terminal (70) toca do tux (1) toybox (12) tutorial (2) Tux (2) unboxing (7) UNIX (16) UNIX Toolbox (15) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (3) wayland (1) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (1) wine (11) WoT (1) ZFS (3)