Caninos Loucos - O computador desenvolvido no Brasil

Caninos Loucos - Single Board Computer brasileira
Caninos LoucosSingle Board Computer brasileira
Acreditem ou não, há um computador assim como o Raspberry Pi sendo desenvolvido e fabricado no Brasil. Sim, Caninos Loucos é um Single Board Computer que além de ser desenvolvido no Brasil, utiliza tanto hardware quanto software Open Source.
 Caninos Loucos tem como objetivo ser acessível, modular, customizável e descomplicado. O Caninos Louco é composto por duas placas; a Core Board sendo a principal alta capacidade de processamento [Quad-core ARM® v7 Cortex™ 1,3GHzA9R4, GPU Imagination PowerVR SGX544 com suporte a OpenGL-ES 1.1 e 2.0, 2GB de memória DDR3 SDRAM (16GB eMMC)] e a Base board para diversas interfaces de comunicação. Essa combinação recebe o nome de Labrador.


O Caninos Loucos Android 5.0 e kernel Linux 3.10.100 (podendo rodar também outras distribuições Linux que, de acordo com esse manual, já vem com o Debian 10 code nome Buster, com kernel 3.14 e com compatibilidade com a kernel versão 4).

Caninos Loucos Labrador
Labrador
Base board da Caninos Loucos
Base board
Mais informações sobre o projeto Caninos Loucos podem ser conferidas direto no site oficial clicando aqui
CURSO DE SHELL SCRIPT DO MATEUS MÜLLER
 Cursos na Udemy

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (5) A.I (1) ambiente gráfico (15) AMD (13) analise (9) Andriod (8) artigo (5) benchmark (3) BSDs (19) btrfs (10) Caixa de Ferramentas do UNIX (19) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (6) Código Fonte (50) comandos (16) comp (1) compressores (4) container (1) CPU (15) criptografia (2) crowdfunding (9) cursos (19) daemons (13) Debian (29) desenvolvimento (53) desktop (16) DevOps (1) DevSecOps (1) dic (1) Dica de leitura (49) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (12) Docker (7) DragonflyBSD (13) ead Diolinux (2) edição de vídeo (4) EMMI Linux (4) emuladores (5) endless (5) English interview (2) Enless OS (2) entrevista (16) espaço aberto (83) evento (4) facebook (1) Fedora (4) filesystem (56) financiamento coletivo (2) fork (3) fox n forests (4) FreeBSD (11) Funtoo Linux (13) games (87) gerenciadores de pacotes (2) GOG (3) google (8) gpu (2) hardware (96) I.A (1) init system (7) Intel (14) IoT (1) ispconfig (1) jogos (33) kernel (114) lançamento (39) leis (1) LFCS (1) licenças (7) Linus (15) linus torvalds (1) Linux (188) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (4) LPI (8) LTS (1) machine learning (1) meetup (1) mesa redonda (27) microsoft (3) microst (1) muito além do GNU (115) não viva de boatos (9) navegadores (2) NetBSD (3) novatec (17) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (12) open source (78) OpenBSD (3) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (36) padrim (2) palestras e eventos (3) partições (6) pentest (6) processadores (23) professor Augusto Manzano (11) Programação (40) propagandas com Linux (8) Red Hat (13) redes (2) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (19) retrospectiva Linux (1) runlevel (2) Secomp (1) segurança digital (13) servidores (1) shell (1) sistema operacional (18) Software livre e de código aberto (147) sorteio (3) Steam (8) Steam no Linux (6) supercomputadores (3) suse (3) systemd (7) terminal (73) toca do tux (1) toybox (14) tutorial (5) Tux (3) unboxing (7) UNIX (15) UNIX Toolbox (14) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (3) wayland (2) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (1) wine (12) WoT (1) ZFS (7)