Lançado toybox 0.8.0

lancado-toybox-0.8.0
Imagem velha, mas serve somente como ilustração para o 0.8.0
Ontem, dia 08/02/2019, foi lançada a versão 0.8.0 do terminal de comandos do Linux, o toybox. Esses últimos meses tem sido interessante onde pudemos acompanhar o port do toybox para o FreeBSD.

 toybox é terminal de comandos feito exclusivamente para Linux com o código mais limpo, mais claro e mais fácil de manter do que o do Busybox. Ele combina muitas utilidades de linha de comando comuns no Linux em um único binários (assim como o Busybox). Está sob clásula zero  da BSD (0-BSD) e é compatível com a POSIX-2008 LSB4.1.


 Essa nova versão temos as novidades como poder construí-lo para FreeBSD e Mac OS com as opções "make macos_defconfig" e "make freebsd_defconfig" (Elliott Hughes e Ed Maste realizam  um ótimo trabalho no toybox).

 Novos comandos foram adicionados como sntp client/server baseados na RFC 4330 (Simple Network Time Protocol, compatível com a sub-configuração do ntp) e o comando test que foi reescrito e promovido para fora do pendente.

 Novas opções foram adicionadas a comandos como "--color" ao comando grep, o comando netcat agora possui suporte a ipv6 e UDP, mkdir aceita --parent e --parents como sinônimos para -p, o touch ignora -f, basename com -s para remover um sufixo, dirname com suporte a múltiplos argumentos, cmp aceita --quiet e --silent como sinonismos para -s, hostname com suporte a -sfd, head com --bytes como um sinonimo para -c e --lines para -n, mktemp com suporte a -t e correção a -u, sed com -z e -iEXT para manter arquivos de backup, md5sum e sha1sum com --status e --check como sinônimos para -s e -c, readlink com --cannonicalize como sinonimo para -f, sort com -V, patch com -s e --quiet e melhor suporte a tab no nome, stat com --format como sinonimo para -c, xargs com -p -t -r, umount ignora -c, pequena otimização a file.c, file reconhece binários ELF do riscv ls -t agora utiliza o campo de nanosegundos.

 Aconteceram correções também como nos comandos cp, sort, sed, host, hostname, ps e top. O diretório pending também foi atualizado, houveram mudanças no build, no coding style e nas bibliotecas. Houveram bem mais coisas que poderiam ser mencionadas, mas já está de bom tamanho.
Então é isso, baixem e confiram a nova versão do toybox, o terminal de comandos do Linux.

  • Comunidade FreeBSD pretende portar o toybox
  • Pré-lançamento da linguagem bc 1.1 para o toybox
  • CURSO DE SHELL SCRIPT DO MATEUS MÜLLER
  • Curso COMPLETO para a certificação CompTIA Linux+ e LPIC-1 do Mateus Müller do canal 4Fasters
  •  Cursos na Udemy
  • Compartilhe isso

    Leia outros posts

    Próximo post
    « Próximo post
    Post Anterior
    Próximo Post »