4 Conjunto de Comandos que NÃO TEM NADA A VER Com o GNU



Esta semana na série Muito além do GNU resolvi desmistificar um assunto muito mal explorado por toda galera que gosta de defender GNU a todo custo:
Que todos os comandos que utilizamos (menos os gerenciadores de pacotes) fazem parte do pacote coreutils do GNU.
Chega a ser ridículo mas sim, eu já recebi esse tipo de comentário pelo menos umas quatro vezes no canal. Uma prova disso foi que até comentário que chegou a ser apagar; mas não tem problema, o print do comentário está aqui:
ifconfig faz parte do pacote net-tools do... projeto GNU? Algo errado não está certo.
ifconfig faz parte do pacote net-tools do... projeto GNU? Algo errado não está certo.

A unica coisa que eu percebo é a falta de estudo que essa galera tem, a arrogância de acharem que GNU é indestrutível e ainda de defenderem o que não conhecem.

Resolvi então neste vídeo tratar de quatro pacotes que não tem vinculo com o pacote coreutils do GNU e que sem esses pacotes o sistema operacional fica quase inútil. Na verdade não seríamos capaz nem mesmo de formatar a máquina:


Os comandos dos pacotes Util-Linux, nettools e Iproute2 são pertencentes ao Linux, não ao GNU. Até mesmo o nome do primeiro já sugere tal coisa, não seria nem mesmo necessário debater o assunto. Inclusive todos eles se encontram hospedados no site do kernel.

Façamos uma pequena analise um pouquinho mais a fundo. O comando date por exemplo, que é um comando utilizado para verificar hora e data (e alterar hora e data também inclusive), faz parte do pacote coreutils do GNU (digite o comando man date e verifique a licença no final do manual ou digite o comando info coreutils date). OK, isso está certo.

Porém já o comando hwclock, que serve para verificar data e hora do hardware (vindo do BIOS, UEFI, Chip PROM ou qualquer coisa do tipo) e que serve também para alterar sua hora e data (tanto do hardware como do hardware para o sistema e vice versa) faz parte do pacote Util-Linux (digite man hwclock e verifique a linha sobre o autor. Ou digite info coreutils hwcloc e veja o resultado desastroso).

Já o comando cal foi escrito por Wolfgang Helbig da comunidade FreeBSD e o comando calendar veio da versão 7 do Unix da AT&T. O próprio SSH é originado dos BSDs para o Linux:

 

Na imagem abaixo temos uma lista de comandos que fazem parte do Util-Linux:

Lista de comandos do pacote Util-Linux
Lista de comandos do pacote Util-Linux

E na próxima abaixo temos uma lista de comandos que fazem parte do coreutils do GNU:

Lista de comandos do pacote coreutils
Lista de comandos do pacote coreutils

A conclusão que eu chego é que eu percebo em muitos usuários que se apaixonam pelo projeto uma inocência muito grande e defendem com unhas e dentes e a todo custo sem o minimo de conhecimento básico. Isso se torna culpa dos usuários mesmo não se interessarem em ler, pesquisar e se aprofundar.

Analista (bilíngue) de sistemas, redator do blog Diolinuxtradutor da distribuição Funtoo e parte da distribuição IPFire, do manual chamado Caixa de Ferramentas do UNIX e do manual Zsh Lovers. Dono dos canais e blogs Toca do Tux e Resenha Nerd:

Compartilhe isso

Leia outros posts

Próximo post
« Próximo post
Post Anterior
Próximo Post »

Compre na imago brinquedos

Compre na imago brinquedos
Utilize o cupom de desconto TOCADOTUX e ecnomize 5% na sua compra