Lançado LLVM 4.0.1

Eu já havia mencionado sobre o LLVM/Clang no artigo Redução do kernel Linux e do filesystem para IoT:
Aritgo sobre a redução do kernel e do filesystem para IoT
LLVM/Clang é compilador C/C++ que será utilizado como padrão no Linux como pode ser conferido no artigo O dia que o pinguim adquire asas e cauda de um dragão de ferro . A distribuição Open Mandriva já faz uso de quase 100% desse compilador como padrão e espero assim continuar; a própria distribuição Debian também também já faz desse compilador em muitos de seus pacotes (para a minha felicidade).
Página oficinal LLVM da Linux Foundation
Eu não poderia deixar de fazer esse anuncio uma vez que o LLVM/Clang vai fazer parte da série Muito além do GNU. então, confiram só que essa em que Tom Stellard anuncia que a nova versão traz correções de bugs presentes na versão 4.0.0 (inclusive esse lançamento é compatível com a versão anterior). Tudo bem... é só isso...

A versão anterior (na qual a 4.0.1 possui compatibilidade) inclui o uso de profile data em ThinLTO, eliminação de código morto (aggressive dead code elimination) mais agressivo more aggressive, suporte experimental a co-rotinas, alvo AVR experimental, melhor compatibilidade com o GNU ld e melhorias de desempenho significativas em LLD, tão bem quanto melhorias em otimoizações e muito mais.

A equipe do LLVM agradece a equipe de testers (Hans Wennborg, Bernhard Rosenkränzer, Dimitry Andric, Simon Dardis, Sylvestre Ledru, Diana Picus, Vedant Kumar) que sem seles não seria possível o seu lançamento. Agradecem tambem a todos que ajudaram a identificar bugs criticos, encontrar bug-fixes e resolver conflitos.
Agora é só aguardar a nova versão estar aqui.

Sou analista (bilíngue) de microinformática, professor de inglês, tradutor e interprete.

 Sou também redator no blog Diolinux e um dos tradutores da distribuição Funtoo. Já fiz parte da distribuição IPFire por um tempo também, uma distribuição que gosto muito na parte de administrar o servidor por uma interface web.
 Possuo um manual chamado Caixa de Ferramentas do UNIX traduzido por mim e revisado por mais amigos que abrange tanto Linux (dentre algumas distribuições) quanto Solaris, BSDs, Mac OS X e em alguns momentos o Windows (devido a integração cliente servidor).
 Recentemente estou trabalhando em um manual de migração para Linux.

Compartilhe isso

Leia outros posts

Próximo post
« Próximo post
Post Anterior
Próximo Post »

Compre na imago brinquedos

Compre na imago brinquedos
Utilize o cupom de desconto TOCADOTUX e ecnomize 5% na sua compra