AT&T (berço do Unix) une-se a Linux Foundation


Estou tratando essa semana sobre a origem do sucesso do Linux. Afirmei no vídeo "De onde vem o sucesso do Linux" que isso envolve o trabalho da Linux Foundation, envolve o trabalho de muito mais pessoas e comunidades, o esforço mutuo.


Resolvi então postar essa noticia para mostrar a todos como isso acontece e para também celebrar mais uma conquista.

No dia 28 de Março, foi publicada no site Linux Foundation (quartel general do Linux) a noticia que a AT&T (empresa de telefonia norte americana e podemos dizer que é o berço do Unix) se tornou membro platinum (o topo da lista dos membros de maiores investidores do Linux assim como a Cisco, Microsoft, Dell, Hitachi, Intel, Oracle, IBM e outros).
Lista de membros da Linux Foundation
A AT&T já tem um grande histórico de colaboração com as comunidades open source como nos projetos OPNFV, Cloud Native Computing Foundation, Open Container Initiative, OpenStack, ON.Lab, Open Networking Foundation e o OpenDaylight End User Advisory Board (além de gerenciar mais de 70 projetos no GitHub).


O vice presidente Sênior dos laboratórios AT&T menciona:
“Open source é crucial para a transformação de software da AT&T... ... Então, foi uma decisão natural para nos unirmos a Linux Foundation."

"Reconhecemos que a comunidade open source acelera a inovação. Estamos animados para trabalhar com a Linux Foundation e seus membros para promover uma plataforma globalmente aceita para as tecnologias SDN e NFV.”

A AT&T também vai estar presente semana que vem na temporada Open Networking em Santa Clara.
Link da noticia na Linux Foundation.

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (5) A.I (1) ambiente gráfico (15) AMD (13) analise (9) Andriod (8) artigo (5) benchmark (3) BSDs (19) btrfs (10) Caixa de Ferramentas do UNIX (19) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (6) Código Fonte (50) comandos (16) comp (1) compressores (4) container (1) CPU (15) criptografia (2) crowdfunding (9) cursos (19) daemons (13) Debian (29) desenvolvimento (53) desktop (16) DevOps (1) DevSecOps (1) dic (1) Dica de leitura (49) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (12) Docker (7) DragonflyBSD (13) ead Diolinux (2) edição de vídeo (4) EMMI Linux (4) emuladores (5) endless (5) English interview (2) Enless OS (2) entrevista (16) espaço aberto (83) evento (4) facebook (1) Fedora (4) filesystem (56) financiamento coletivo (2) fork (3) fox n forests (4) FreeBSD (11) Funtoo Linux (13) games (87) gerenciadores de pacotes (2) GOG (3) google (8) gpu (2) hardware (96) I.A (1) init system (7) Intel (14) IoT (1) ispconfig (1) jogos (33) kernel (114) lançamento (39) leis (1) LFCS (1) licenças (7) Linus (15) linus torvalds (1) Linux (188) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (4) LPI (8) LTS (1) machine learning (1) meetup (1) mesa redonda (27) microsoft (3) microst (1) muito além do GNU (115) não viva de boatos (9) navegadores (2) NetBSD (3) novatec (17) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (12) open source (78) OpenBSD (3) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (36) padrim (2) palestras e eventos (3) partições (6) pentest (6) processadores (23) professor Augusto Manzano (11) Programação (40) propagandas com Linux (8) Red Hat (13) redes (2) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (19) retrospectiva Linux (1) runlevel (2) Secomp (1) segurança digital (13) servidores (1) shell (1) sistema operacional (18) Software livre e de código aberto (147) sorteio (3) Steam (8) Steam no Linux (6) supercomputadores (3) suse (3) systemd (7) terminal (73) toca do tux (1) toybox (14) tutorial (5) Tux (3) unboxing (7) UNIX (15) UNIX Toolbox (14) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (3) wayland (2) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (1) wine (12) WoT (1) ZFS (7)