Linus Torvalds ganha o desktop: Chromebooks superam vendas de Macbooks nos Estados Unidos


 Eu já tinha a ideia de escrever um artigo sobre a minha visão sobre o Android (acho que ele seria uma opção interessante para desktop). Foi daí que eu li essa noticia.

Linus Torvalds ganha o desktop: Chromebooks superam vendas de Macbooks nos Estados Unidos

 As vendas de PCs continuam a declinar, mas no primeiro quadrimestre de 2.016 os Chromebooks superaram as vendas dos Macbooks no Estados Unidos de acordo com o analista Linn Huang da IDC.

 Linus ainda mencionou em seu perfil do G+
Hey, ou o Macs não conta muito no desktop, ou podemos ter que finalmente estender o "ano do Linux desktop" piada para descansar.
 Um leitor comentou em seu post que o Chrome OS é um navegador, não um desktop. Boa coisa, mas não a mesma de fato.

 Linus respondeu de volta que não é exatamente do mesmo jeito que os PC's não eram "computadores reais" quando eles começaram a mostrá-lo?

The whole "it's not the same thing" is simply not an argument. Of course it's not the same thing. Computing changes all the time.”

 Linus afirmou que o PC está mudando. Ele tem mudado, e os Chromebooks estão are oferecendo o que uma maioria de usuários precisam.

 O argumento de que o Android não é Linux domina até mesmo lá fora. Lá, parece que a coisa vai mais além; o pessoal afirma que o Chrome OS também não é Linux (mesmo sendo baseado no Gentoo com o kernel Vanilla).

Confiram o meu artigo sobre o Funtoo onde menciono sobre o Chrome OS e o vídeo sobre o Android onde busco esclarecer sobre esse boato:


 Todos os dispositivos rodando Ubuntu, Chrome OS, Android ou Tizen é um dispositivo baseado em Linux. Qualquer OS que utiliza o kernel Linux é um sistema operacional Linux. A userland pode ser diferente; o empacotamento do sistema operacional, dependendo do que público alvo, pode ser diferente. Mas isso não muda o fato de ser Linux.

Comente com o Facebook:

Um comentário:

Deixe seu Comentário

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (3) ambiente gráfico (11) AMD (13) analise (8) Andriod (6) artigo (5) benchmark (1) BSDs (12) btrfs (6) Caixa de Ferramentas do UNIX (21) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (7) Código Fonte (53) comandos (13) comp (1) compressores (5) container (1) CPU (12) criptografia (1) crowdfunding (9) cursos (18) daemons (13) Debian (30) desenvolvimento (44) desktop (13) DevOps (1) DevSecOps (1) dic (1) Dica de leitura (44) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (11) Docker (15) DragonflyBSD (5) ead Diolinux (2) edição de vídeo (4) EMMI Linux (4) emuladores (2) endless (5) English interview (2) Enless OS (2) entrevista (16) espaço aberto (87) evento (3) facebook (1) filesystem (47) financiamento coletivo (2) fork (2) fox n forests (4) FreeBSD (8) Funtoo Linux (13) games (84) GOG (3) google (8) gpu (1) hardware (92) init system (6) Intel (14) IoT (1) ispconfig (1) jogos (27) kernel (110) lançamento (22) leis (1) LFCS (1) licenças (6) Linus (14) Linux (193) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (4) LPI (10) LTS (1) mesa redonda (28) microst (1) muito além do GNU (93) não viva de boatos (9) navegadores (2) NetBSD (2) novatec (16) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (14) open source (76) OpenBSD (2) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (29) padrim (2) palestras e eventos (2) partições (6) pentest (6) processadores (19) professor Augusto Manzano (9) Programação (30) propagandas com Linux (8) Red Hat (10) redes (2) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (23) retrospectiva Linux (1) runlevel (2) segurança digital (12) servidores (1) sistema operacional (10) Software livre e de código aberto (149) sorteio (3) Steam (8) Steam no Linux (6) supercomputadores (1) suse (3) systemd (7) terminal (68) toca do tux (1) toybox (10) tutorial (2) Tux (2) unboxing (7) UNIX (16) UNIX Toolbox (15) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (3) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (1) wine (11) WoT (1) ZFS (2)