Como conheci o ReactOS

Como todos sabem, meu ultimo vídeo não teve nada a ver com Linux, mas tive que fazer esse vídeo para retirar essa confusão que acontece.
 Conheça então um pouco sobre o ReactOS, o sistema operacional baseado no Wine.

Como conheci o ReactOS

 Bom. meu vídeo foi lançado cinco horas atras. Queria contar como foi que eu conheci esse sistema.


 Sabe aquela época que sofremos de uma euforia e sede de baixar distribuições para testar? Acho que todos passamos por isso né. Raro um que não passe por essa fase.
 Pois é, foi nessa época que conheci o ReactOS. Eu estava estudando sobre distribuições, daí estava baixando e testando para saber o que cada uma tinha a oferecer.

 E como eu baixei logo o ReactOS sendo que não tem nada a ver com Linux? Simples! Até aquele momento, para mim que não sabia o que estava baixando, era mais uma no meio da multidão de distribuições existentes. Mesmo depois de instalar e rodar o sistema, nem percebi tal coisa, pois apresentava bom desempenho e uma interface gráfica que me lembrava a BlackBox.


 Tudo bem, Blackbox e a GUI do ReactOS não são lá parecidas, mas já acostumado a saber que cada distro personaliza sua GUI, então desconsiderei que fosse a Blackbox.

 Até aí estava tudo bem, estava eu la com a minha suposta distribuição Linux. Foi quando me dei conta, ao abrir o terminal, que os comandos não eram o mesmo, os que eu tentava executar não eram encontrados (uname, ls, whoami). Quem era o imbecil que teve a ideia de desenvolver uma distribuição que eu não consiga executar um só comando?
 Piorou foi quando descobri que não conseguia instalar os meus programas. Foi a partir daí que me dei conta de que estava com outra coisa.

 Daí comecei a pesquisar e descobri que não havia relação (Wikipedia é um salva patera nesses momentos) e dei uma aprofundada somente para fins de conhecimento. Descobri que se trata de um sistema operacional baseado no Wine.Estranha a afirmação, não? Um sistema operacional baseado em um programa. Mas é isso que ele é, um sistema operacional com kernel clone do WindowsNT (escrito do zero para ser mais claro) baseado no Wine.


 Conheci esse sistema por acidente; agora, não me pergunte como, no meio de estudos sobre Linux, eu encontrei, porque eu não faço ideia. 

 Vai entender  a vida.

Leia também o artigo "Uma breve visão sobre o projeto Wine".
Veja sobre o ReactOS também no artigo "5 diferentes modelos de kernel".

Sou analista (bilíngue) de microinformática, professor de inglês, tradutor e interprete.

 Sou também redator no blog Diolinux e um dos tradutores da distribuição Funtoo. Já fiz parte da distribuição IPFire por um tempo também, uma distribuição que gosto muito na parte de administrar o servidor por uma interface web.
 Possuo um manual chamado Caixa de Ferramentas do UNIX traduzido por mim e revisado por mais amigos que abrange tanto Linux (dentre algumas distribuições) quanto Solaris, BSDs, Mac OS X e em alguns momentos o Windows (devido a integração cliente servidor).
 Recentemente estou trabalhando em um manual de migração para Linux.

Compartilhe isso

Leia outros posts

Próximo post
« Próximo post
Post Anterior
Próximo Post »

Compre na imago brinquedos

Compre na imago brinquedos
Utilize o cupom de desconto TOCADOTUX e ecnomize 5% na sua compra