Próxima geração de Rifle portando Linux é preciso até uma milha





 Pois é, e o assunto sobre a criatividade de onde pode-se utilizar o Linux não quer parar. No meu ultimo vídeo, chamado "Para quê serve o Linux", eu tive a intenção de desmistificar as áreas e aplicações do uso de Linux onde muitos o limitam para simplesmente em servidores. Logo depois a Linux Foundation postou um artigo chamado "Jogo Open Source Online Deixa Estudantes Animados A Respeito De Linux" relatando o grande desafio do professor Razvan Rughinis da universidade politécnica de Bucharest na Romênia, terra de Vlad o Emapalador, mais conhecido como o conde Drácula (pois é, o Drácula existiu mesmo galera. Sua família até recuperou o direito da posse de seu castelo em 2006. Ao contrario do que todos pensam, Vlad era um canibal, foi daí que surgiu o mito do vampiro. Mas... o Drácula não vem ao caso nesse post, foi só uma observação). Nesse post, a Linux Foundation menciona o desafio que Razvan tinha em fazer com que os estudantes despertassem interesse em aprender Linux, o que ele conseguiu por meio do desenvolvimento do jogo World of USO.
 Como se não bastasse, agora foi a vez da noticia da empresa TrakPoint que está desenvolvendo rifles de precisão guiados portando Linux, também conhecidas como Linux Gun.
MileMaker

 O rifle analisa as condições geográficas, velocidades do vento, e outras informações do alvo, e somente dispara quando for lineada corretamente ao alvo.



 Avanço rápido até hoje, e a empresa tem desvelado outra Mile Maker. Seu novo Mile Maker é uma arma personalizada que é capaz de disparar uma rodada de tiros acima de 1800 jardas em um alvo se movendo a uma velocidade de 30 milhas por hora.




 Essa nova tecnologia está estreando depois da mais recente demonstração, no inicio desse ano, visto em um vídeo que permitiu caçadores acertar o alvo sem realmente olhar em que estavam atirando.








 Esse ano (2015), os rifles da TrackingPoint serão capaz de de exibir vídeos em live-stream em um smartphone ou tablet em adição a já existente opção de upload vídeo ao YouTube ou Facebook.


TrackingPoint
Imagem cortesia do Ars Technica

 Não vou entrar em mais detalhes sobre o rifle, por que o assunto de interesse aqui abordado é simplesmente o uso de Linux, sua portabilidade, e não o poder de fogo da arma.

Sou analista (bilíngue) de microinformática, professor de inglês, tradutor e interprete.

 Sou também redator no blog Diolinux e um dos tradutores da distribuição Funtoo. Já fiz parte da distribuição IPFire por um tempo também, uma distribuição que gosto muito na parte de administrar o servidor por uma interface web.
 Possuo um manual chamado Caixa de Ferramentas do UNIX traduzido por mim e revisado por mais amigos que abrange tanto Linux (dentre algumas distribuições) quanto Solaris, BSDs, Mac OS X e em alguns momentos o Windows (devido a integração cliente servidor).
 Recentemente estou trabalhando em um manual de migração para Linux.

Compartilhe isso

Leia outros posts

Próximo post
« Próximo post
Post Anterior
Próximo Post »

Compre na imago brinquedos

Compre na imago brinquedos
Utilize o cupom de desconto TOCADOTUX e ecnomize 5% na sua compra