A mudança de logo da Red Hat

Novo logo da Red Hat
Novo logo da Red Hat
 Depois de 19 anos, a Red Hat tem o seu logo alterado. É mais uma re-estilização do que uma mudança. 

 Na verdade eu prefiro a re-estilização de algo fazendo com que possamos ainda bater o olho e reconhecer a marca de que uma mudança radical.  Tanto que todos irão bater o olho e reconhecer a marca de qualquer jeito.
A Red Hat afirma que isso é muito tempo; o logo que conhecemos surgiu nos anos 2000 na verdade surgiu por volta de 1997 se levarmos em consideração as imagens abaixo:


 Depois foram surgindo outras remodelagens até chegar a de hoje, sempre mantendo as mesmas características.

 A maior mudança foi realmente no chapéu ficando com cores mais vivas, mais claras e removeram também do personagem. Só que mais uma mudança sutil aconteceu que seria no nome da marca. Antigamente era RedHat (tudo junto); agora é Red Hat (separado).


A Red Hat explica neste artigo aqui porque da mudança mas que a empresa continua sendo a mesma mantendo suas raízes. Muito tem a ver com a melhoria em sua identidade visual, com as pessoas se importarem com isso.


Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (5) A.I (1) ambiente gráfico (13) AMD (13) analise (8) Andriod (8) artigo (5) benchmark (1) BSDs (14) btrfs (8) Caixa de Ferramentas do UNIX (21) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (7) Código Fonte (53) comandos (16) comp (1) compressores (5) container (2) CPU (12) criptografia (2) crowdfunding (9) cursos (18) daemons (13) Debian (30) desenvolvimento (52) desktop (14) DevOps (1) DevSecOps (1) dic (1) Dica de leitura (49) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (11) Docker (16) DragonflyBSD (9) ead Diolinux (2) edição de vídeo (4) EMMI Linux (4) emuladores (4) endless (5) English interview (2) Enless OS (2) entrevista (16) espaço aberto (87) evento (3) facebook (1) filesystem (54) financiamento coletivo (2) fork (2) fox n forests (4) FreeBSD (9) Funtoo Linux (13) games (87) gerenciadores de pacotes (1) GOG (3) google (8) gpu (1) hardware (94) I.A (1) init system (7) Intel (14) IoT (1) ispconfig (1) jogos (31) kernel (114) lançamento (32) leis (1) LFCS (1) licenças (7) Linus (14) Linux (194) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (4) LPI (10) LTS (1) machine learning (1) mesa redonda (28) microst (1) muito além do GNU (106) não viva de boatos (10) navegadores (2) NetBSD (3) novatec (17) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (14) open source (76) OpenBSD (3) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (33) padrim (2) palestras e eventos (2) partições (6) pentest (6) processadores (20) professor Augusto Manzano (11) Programação (38) propagandas com Linux (8) Red Hat (10) redes (2) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (23) retrospectiva Linux (1) runlevel (2) segurança digital (13) servidores (1) sistema operacional (13) Software livre e de código aberto (150) sorteio (3) Steam (8) Steam no Linux (6) supercomputadores (3) suse (3) systemd (8) terminal (71) toca do tux (1) toybox (12) tutorial (2) Tux (2) unboxing (7) UNIX (16) UNIX Toolbox (15) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (3) wayland (1) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (1) wine (11) WoT (1) ZFS (4)