Fundação Handshake doa 300 mil dólares ao projeto Debian

Projeto Handshake doa US$300.000 para o projeto Debian
Projeto Handshake doa US$300.000 para o projeto Debian
 Matéria publicada pelo Debian que achei interessante compartilhar. Handshake desenvolve um protocolo p2p root domain name system descentralizado, sem permissões e compatível com o DNS onde cada ponta fica validando e a cargo do gerenciamento da zona raiz (root zone) com o objetivo de criar uma alternativa as autoridades certificadas (Certificate Authorities) existentes.
Curso Preparatório para Certificação Linux LPIC-1 e CompTIA Linux+
 Em 2018, o projeto Debian recebeu uma doação de US$300 mil do projeto Handshake que será utilizado para substituir o hardware renovando servidores e outros componentes tornando o desenvolvimento e a infraestrutura da comunidade do projeto (projetada pela equipe de administradores) mais confiável.

 O projeto Handshake, seus patrocinadores e contribuidores reconhecem software Open Source e livre como uma parte crucial das fundações da internet e dos seus projetos. Sendo assim, eles decidiram reinvestir US$10,200,00 em vários outros projetos e desenvolvedores FLOSS. Também em organizações não governamentais e universidades que desenvolvem software livre e de código aberto.

 O líder do projeto Debian, Chris Lamb, expressou sua gratidão a fundação:
 Um profundo e sincero agradecimento a Fundação Handshake por seu suporte ao projeto Debian. Contribuições tais como sua tornam possíveis para um grande número de diversos contribuidores de todo o mundo trabalharem juntos através de nosso objetivo mutuo de desenvolver um sistema operacional universal totalmente livre.
Também expresso aqui a minha gratidão ao Handshake, seus patrocinadores e desenvolvedores e equipe envolvida.
CURSO DE SHELL SCRIPT DO MATEUS MÜLLER: https://bit.ly/2yH2PylCursos na Udemy

Comente com o Facebook:

Deixe seu Comentário

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (3) ambiente gráfico (11) AMD (13) analise (8) Andriod (6) artigo (5) benchmark (1) BSDs (12) btrfs (6) Caixa de Ferramentas do UNIX (21) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (7) Código Fonte (53) comandos (13) comp (1) compressores (5) container (1) CPU (12) criptografia (1) crowdfunding (9) cursos (18) daemons (13) Debian (30) desenvolvimento (44) desktop (13) DevOps (1) DevSecOps (1) dic (1) Dica de leitura (44) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (11) Docker (15) DragonflyBSD (5) ead Diolinux (2) edição de vídeo (4) EMMI Linux (4) emuladores (2) endless (5) English interview (2) Enless OS (2) entrevista (16) espaço aberto (87) evento (3) facebook (1) filesystem (47) financiamento coletivo (2) fork (2) fox n forests (4) FreeBSD (8) Funtoo Linux (13) games (84) GOG (3) google (8) gpu (1) hardware (92) init system (6) Intel (14) IoT (1) ispconfig (1) jogos (27) kernel (110) lançamento (22) leis (1) LFCS (1) licenças (6) Linus (14) Linux (193) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (4) LPI (10) LTS (1) mesa redonda (28) microst (1) muito além do GNU (93) não viva de boatos (9) navegadores (2) NetBSD (2) novatec (16) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (14) open source (76) OpenBSD (2) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (29) padrim (2) palestras e eventos (2) partições (6) pentest (6) processadores (19) professor Augusto Manzano (9) Programação (30) propagandas com Linux (8) Red Hat (10) redes (2) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (23) retrospectiva Linux (1) runlevel (2) segurança digital (12) servidores (1) sistema operacional (10) Software livre e de código aberto (149) sorteio (3) Steam (8) Steam no Linux (6) supercomputadores (1) suse (3) systemd (7) terminal (68) toca do tux (1) toybox (10) tutorial (2) Tux (2) unboxing (7) UNIX (16) UNIX Toolbox (15) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (3) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (1) wine (11) WoT (1) ZFS (2)