Dietlibc está de volta com novo lançamento? SIM! :D

dietlibc 0.34
dietlibc 0.34
 Esta é uma noticia um pouco tardia, mas depois de um bom tempo, Felix von Leitner que é o criador da dietlibc e de muitos outros programas, parece estar de volta a ativa. No final do ano passado, Felix lançou novas versões das bibliotecas dietlibc e da libowfat.
CURSO DE SHELL SCRIPT DO MATEUS MÜLLER
 dietlibc é uma biblioteca do Linux otimizada para tamanho que pode ser utilizada criar  binários pequenos estaticamente lincados para as arquiteturas alpha, arm, ia64, mips, mipsel, ppc, parisc, s390, sparc e x86. Já a libowfat é uma reimplementação da biblioteca libdjb que fornece interfaces de Daniel Bernstein ( com algumas extensões).

 A ultima versão da dietlibc havia sido lançada em 2013 e da libowfat em 2016 (o que não é tão tarde). No final do ano passado, Felix lançou a versão 0.34 de ambas as bibliotecas.

 Estas bibliotecas, mesmo que antigas, em versão beta e terem ficado um bom tempo sem atualização (nesse ultimo caso, me refiro a dietlibc) são muito importantes devido aos seus recursos estando ainda disponíveis em vários repositórios de muitas distribuições e até mesmo sendo utilizada em programas atuais. Confiram o vídeo abaixo sobre a ditelibc e vejam como tal biblioteca é interessante:


Houveram muitas mudanças e melhorias nessa nova versão da dietlibc como a adição de novos recursos, de seguraça, correções de bugs:
Mudanças na dietlibc 0.34
 Já na libowfat foram poucas e mais simples de relatar aqui como remoção de warnings do OpenBSD por informarem não ser mais necessário, moveram os headers para <libowfat/> no install, correção no fix fmt_ip6 feita por Erwin Hoffmann, adição de suporte a MSG_ZEROCOPY [somente utilizado para buffers menores que 8k (>8k)], uso de writev em buffer_put para uma leve melhoria no perf, adição da experimental da API iom para multithreaded I/O multiplexing (em io.h)
Mudanças da libowfat retirado na integra daqui
 Eu decidi baixar a nova versão e testar a dietlibc compilando novamente o embutils assim como já havia feito no vídeo "Dando uma olhada no embutils" que é um pacote com conjunto de comandos que já utilizamos diariamente como ls, cp, dd e muito mais. Esse pode ser um substituto para o core utils do GNU apresentando tamanhos muito enxutos mesmo linkados estaticamente (conforme a dietlibc promete ser). O comando ls do embutils por exemplo tem 20k linkado estaticamente enquanto que o ls do core utils tem 128k linkado dinamicamente. Simplesmente surpreendente.

 Caso queira saber como compilei o embutils utilizando a dietlibc, confira o vídeo abaixo:


 Durante o processo de compilação houve alguns warnings, mas nada assustador.


 Testei o dd do embutils (que é um comando do GNU que eu gosto muito e podemos dizer que no Linux tem) gerando um arquivo vazio e depois criando mais swap com o mkswap do toybox (lembrando que mkswap não é um comando do GNU, e sim do próprio Linux fazendo parte do pacote Util-Linux mantido por karel Zak da Red Hat, mas quis testar o mkswap do toybox também).
comando dd no embutils compilado com a dietlibc 0.34
comando dd no embutils compilado com a dietlibc 0.34
mkswap do toybox
mkswap do toybox
Baixe, teste, experimente e faça uso de ambas a bibliotecas. Aproveite para conhecer os outros projetos do Felix (inclusive seu init system) bastando clicar aqui
Uma ótima leitura também é se há a possibilidade de deixar o kernel Linux menor se usarmos a dietlibc ao invés da glibc?

Compartilhe isso

Leia outros posts

Próximo post
« Próximo post
Post Anterior
Próximo Post »