Ransomeware WannaCry - Windows mais seguro que o Linux?

Debate nesse vídeo assim que foi publicado não faltou; se bem que já era esperado. Neste vídeo eu debato com vocês sobre os bugs no Windows já que teve todo esse problema do Wanna Cry. Demonstro também o artigo da CVS Details em que colocam o Windows como tendo menos bugs que muitas distribuições Linux e até mesmo com menos bugs do que o kernel (o que é perceptível que é uma analise comprada). Chega até mesmo ser estranho ler um artigo desse uma vez que lemos que a Microsoft acha 90 dias pouco tempo para corrigir uma falha quando o Google disponibilizou a informação.

Estranho é a forma que o Windows atualiza o sistema. Você tem duas opções de algumas formas:
  1. Deseja reiniciar e atualizar agora? "Sim" ou "É claro" (de uma forma irônica, claro)
  2. Desligar a máquina e atualizar ou desligar a máquina e atualizar.
  3. Você está bem utilizando a máquina quando de repente ela desliga na sua cara. Para que? Para poder atualizar. E porque se eu estava estava ocupado? Porque você quer atualizar por livre e espontânea pressão. O Windows deduz que você quer atualizar bem naquele momento em que você estava editando um arquivo, não o salvou e acha você quer reiniciar sem antes salvar...
Depois tem gente que defende que a culpa é de quem não atualizou o sistema... E nem todos que estão utilizando nem sabem como desabilitar essa opção.

Esse patch disponibilizado pela Microsoft não necessariamente corrige a falha. O que na verdade o patch faz é evitar que o ransomware WannaCry se propague pela rede infectando as outras máquinas, mas a máquina que foi atingida é ainda assim afetada. Então não é lá assim uma grande correção.

Confiram então mais vídeos sobre o assunto bugs no canal Diolinux:




Sou analista (bilíngue) de microinformática, professor de inglês, tradutor e interprete.

 Sou também redator no blog Diolinux e um dos tradutores da distribuição Funtoo. Já fiz parte da distribuição IPFire por um tempo também, uma distribuição que gosto muito na parte de administrar o servidor por uma interface web.
 Possuo um manual chamado Caixa de Ferramentas do UNIX traduzido por mim e revisado por mais amigos que abrange tanto Linux (dentre algumas distribuições) quanto Solaris, BSDs, Mac OS X e em alguns momentos o Windows (devido a integração cliente servidor).
 Recentemente estou trabalhando em um manual de migração para Linux.

Compartilhe isso

Leia outros posts

Próximo post
« Próximo post
Post Anterior
Próximo Post »

Compre na imago brinquedos

Compre na imago brinquedos
Utilize o cupom de desconto TOCADOTUX e ecnomize 5% na sua compra