Entrevista com Lizardcub e DotEmu: Criadoras do jogo Wonderboy - The dragons trap

Wonder Boy III: The Dragon's Trap
Wonder Boy III: The Dragon's Trap


Beleza cambada? Bati um papo com a galera da Lizardcube e DotEmu. A equipe inteira é muito gente boa e foram muito educados em responder as minhas perguntas e matou nossa curiosidade do como surgiu a ideia de trazer jogo do antigo Master System de volta a vida.

Wonder Boy III: The Dragon's Trap é um game que foi feito para o Sega Master System, lançado pela Sega em 1989, é a continuação direta de Wonder Boy in Monster Land:
se não conhece Wonderboy ainda, aqui está uma palinha:

Confiram então a entrevista e que terá a versão em inglês (justo já que a entrevista original foi em inglês):

Pode nos contar um pouco mais sobre a Lizardcube e a DotEmu? (Coisas do tipo como tudo começou e assim por diante).

Ben: Iniciamos a Lizardcube depois de desenvolver um protótipo do jogo. Sabíamos então que o criador original e a Dotemu estariam nessa.
Ela é co-fundada por Omar Cornut (diretor técnico) e eu, Ben Fiquet (diretor de arte).
Conhecemos Omar em 2.006 trabalhando em Soul Bubbles para o Nintendo DS.

Cyrille (DotEmu): DotEmu foi fundada 10 anos atrás, com a vontade de trazer de volta os melhores jogos old school aos navegadores e móveis. Com o tempo, a empresa envolvida e nós somo agora capazes de trazer de volta quaisquer jogos de quaisquer plataforma para PC, móveis e consoles, como um publicador e/ou um desenvolvedor. Mantivemos nossa vontade de trazer de volta jogos esquecidos, para o prazer de fãs originais e para transmitir o legado de pioneiros para as gerações mais novas.
hoje trabalhamos também com pessoas talentosas como Ben e Omar, para alcançar esse objetivo. Agora nós não fazemos somente adaptações, mas também remakes (Wonder Boy) e sequencias (Pang Adventures)!
Somos uma pequena equipe de apaixonados localizado em Paris sempre em busca de joias antigas para trazê-las de volta.
O que inspirou Lizardcube e DotEmu remasterizar Wonder Boy?

Ben: Bom, ele é considerado por muitos o melhor jogo do Master System. Esse foi um dos primeiros metroidvania, tipo de jogo open world e a gameplay geralmente falando era muito estreita. Ele não teve a chance de brilhar como as licenças da Nintendo porque o master system foi menos popular, mas estamos muito felizes de ser capazes de compartilhar isso com a geração de gamers de hoje.
Eu também queria ser capaz de criá-lo como eu o imaginava quando criança. Estou realmente contente de que tem havido uma resposta esmagadora concernete a arte do jogo.

Cyrille (DotEmu): Lizardcube nos inspirou na verdade! Omar e Ben vieram a nós com o projeto em mente em 2015. Eles foram tão apaixonados pelo jogo original, e seu protótipo inicial era realmente tão bonito, que fomos motivados instantaneamente a fazer isso acontecer. Ele está realmente em linha com a nossa visão. Também, The Dragon’s Trap é realmente um ótimo jogo. Eu pessoalmente não o conhecia antes que eles me mostrassem para mim mesmo se eu tivesse um SMS naquele tempo :) Mas eu realmente vi seu potencial como as mecânicas e design do jogo realmente velhos bem através dos anos.  

Sobre Steam. Conversando com vocês (equipe da Lizardcube ), eu perguntei se o Wonder Boy ia ser lançado para Steam. E a resposta foi sim ( :D), mas um pouco mais tarde. Quais plataformas? Windows, Mac OS e Linux?

Omar: Pretendemos para junho no lançamento do Steam para Windows. Sobre Mac OS e Linux, ainda não sabemos se haveria interesse o suficiente dos jogadores, mas investigaremos a possibilidade.

Planos para o futuro. Não precisa dar spoilers, mas mais jogos do Master system ? (Por favor, diga-nos que a resposta é sim =)

Ben: É na verdade algo que temos que compreender. Precisamos relaxar um pouco e visualizar o que o futuro pode oferecer. Talvez outro remake, talvez um jogo original, quem sabe….

Sou analista (bilíngue) de microinformática, professor de inglês, tradutor e interprete.

 Sou também redator no blog Diolinux e um dos tradutores da distribuição Funtoo. Já fiz parte da distribuição IPFire por um tempo também, uma distribuição que gosto muito na parte de administrar o servidor por uma interface web.
 Possuo um manual chamado Caixa de Ferramentas do UNIX traduzido por mim e revisado por mais amigos que abrange tanto Linux (dentre algumas distribuições) quanto Solaris, BSDs, Mac OS X e em alguns momentos o Windows (devido a integração cliente servidor).
 Recentemente estou trabalhando em um manual de migração para Linux.

Compartilhe isso

Leia outros posts

Próximo post
« Próximo post
Post Anterior
Próximo Post »

Compre na imago brinquedos

Compre na imago brinquedos
Utilize o cupom de desconto TOCADOTUX e ecnomize 5% na sua compra