ENDLESS OS AGORA COMPATÍVEL COM O GOOGLE CHROME


Agora você não terá  mais problemas ao assistir vídeos no Youtube ou no Netflix com o Endless OS. A partir da versão 3.0.7, o Endless OS funciona com o navegador Google Chrome. Basta atualizar ou instalar a versão 3.0.7, que o navegador será baixado automaticamente, substituindo o Chromium, que é um navegador de código aberto que vem pre-instalado no Endless OS. 

Quem utiliza a versões 3.0, sugerimos atualizar o sistema.
Para atualizar o sistema, vá em Configurações e verifique se há novas atualizações a serem feitas. Uma vez atualizado, o navegador Chrome estará disponível em Mais Programas.
Por questões de licença, o Chrome não pode ser embarcado diretamente na imagem do Endless OS; por isso utilizamos o Chromium. Mas agora, basta você atualizar para a versão 3.0.7 que você será direcionado automaticamente para a instalação do Chrome.

Entenda a diferença:
A diferença entre o Chromium e o Chrome está nas licenças para a exibição de vídeos (os chamados codecs). Os codecs embutidos no Chrome permitem assistir aos vídeos no formato H.264, usados no Youtube, e criptografados, usados pelo Netflix.
Link para baixar o Endless OS

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (5) A.I (1) ambiente gráfico (15) AMD (13) analise (9) Andriod (8) artigo (5) benchmark (3) BSDs (20) btrfs (10) Caixa de Ferramentas do UNIX (19) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (6) Código Fonte (50) comandos (16) comp (1) compressores (4) container (1) CPU (15) criptografia (2) crowdfunding (9) cursos (20) daemons (13) Debian (29) desenvolvimento (53) desktop (16) DevOps (1) DevSecOps (1) dic (1) Dica de leitura (49) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (12) Docker (7) DragonflyBSD (14) ead Diolinux (2) edição de vídeo (4) EMMI Linux (4) emuladores (5) endless (5) English interview (2) Enless OS (2) entrevista (16) espaço aberto (83) evento (4) facebook (1) Fedora (4) filesystem (57) financiamento coletivo (2) fork (3) fox n forests (4) FreeBSD (12) Funtoo Linux (13) games (87) gerenciadores de pacotes (2) GOG (3) google (8) gpu (2) hardware (96) I.A (1) init system (7) Intel (14) IoT (1) ispconfig (1) jogos (33) kernel (114) lançamento (39) leis (1) LFCS (1) licenças (7) Linus (15) linus torvalds (1) Linux (188) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (4) LPI (8) LTS (1) machine learning (1) meetup (1) mesa redonda (27) microsoft (3) microst (1) muito além do GNU (116) não viva de boatos (9) navegadores (2) NetBSD (3) novatec (17) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (12) open source (78) OpenBSD (3) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (36) padrim (2) palestras e eventos (3) partições (6) pentest (6) processadores (23) professor Augusto Manzano (11) Programação (40) propagandas com Linux (8) Red Hat (13) redes (2) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (19) retrospectiva Linux (1) runlevel (2) Secomp (1) segurança digital (14) servidores (1) shell (1) sistema operacional (18) Software livre e de código aberto (147) sorteio (3) Steam (8) Steam no Linux (6) supercomputadores (3) suse (3) systemd (7) terminal (73) toca do tux (1) toybox (14) tutorial (5) Tux (3) unboxing (7) UNIX (15) UNIX Toolbox (14) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (3) wayland (2) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (1) wine (12) WoT (1) ZFS (7)