Consumo de memória do KDE

KDE seu lindo
KDE seu lindo


Eu acho muito interessante quando são feitas essas perguntas pelo seguinte motivo. Já tive alunos em sala de aula que tinham dúvidas e ficavam acanhados em perguntar com medo de que os outros alunos fossem zombar. Com isso, a pessoa saia com dúvida da sala; e isso não é bom, isso é trágico. 

Me lembro que em 2.011 eu tinha uma aluna que não tinha medo nem mesmo de medo de perguntar algo que ela tinha dúvida e nem mesmo de errar quando pronunciava algo nas aulas de inglês; porque ela tinha a seguinte concepção:
Na pior das hipóteses eu vou aprender a forma correta.
Eu achava aquilo simplesmente sensacional. Sabe mais uma coisa interessante que isso gerou? É que quem estava do lado com a mesma duvida (e tinha medo de perguntar) fazia uma expressão mais ou menos de quem acabou de ter a sua dúvida esclarecida. Quando você toma uma atitude dessa, você automaticamente conhecimento com outros que também as tenham (mas tem timidez e acabam ficando sem perguntar) e logo eles também aprendem. Graças a você que quebrou essa barreira. Então, não tenha medo de perguntar de perguntar, por mais que a pergunta pareça boba. A sua dúvida é a dúvida que outras pessoas também tem e você a ajudou.

 Indo direto ao ponto do KDE, confiram o vídeo sobre a análise feita de uso de RAM no KDE:


Sem quaisquer ambiente gráfico o Linux consome 314MBs (sempre levando em consideração que isso pode variar de distribuição, depende também de todos os outros serviços carregados pela distribuição que está sendo utilizada no processo de boot, a forma com que a distro compilou o pacote, patches aplicados. Sempre tenham isso em mente. Mesmo assim, esse é o padrão do Debian desde a versão 5). Já com o KDE carregado após o login, o consumo foi 880MBs
 880MBs - 314MBs = 566MBs
Pouca coisa para um ambiente gráfico tão rico, com tantos efeitos, tantos recursos e que faz do OpenGL o tempo todo. O Gnome mesmo por exemplo, que tem bem menos efeitos e recursos, consome bem mais RAM, vindo a utilizar 2GBs após o login (nada de programas em execução, pouquíssimos efeitos; nada de nada no Gnome).

Gnome
 Portanto, se você tem pouca RAM e quer utilizar o KDE, vai sem medo que o garoto é bom =)

E mal publicamos o vídeo e já lançaram a versão 5.8.2 com bugfixes. Para baixar a nova versão, você pode baixar aqui de acordo com a sua distribuição, ou baixar o código fonte aqui. Além de agradecer a todos os comentários feitos no vídeo. Foi simplesmente show.

Sou analista (bilíngue) de microinformática, professor de inglês, tradutor e interprete.

 Sou também redator no blog Diolinux e um dos tradutores da distribuição Funtoo. Já fiz parte da distribuição IPFire por um tempo também, uma distribuição que gosto muito na parte de administrar o servidor por uma interface web.
 Possuo um manual chamado Caixa de Ferramentas do UNIX traduzido por mim e revisado por mais amigos que abrange tanto Linux (dentre algumas distribuições) quanto Solaris, BSDs, Mac OS X e em alguns momentos o Windows (devido a integração cliente servidor).
 Recentemente estou trabalhando em um manual de migração para Linux.

Compartilhe isso

Leia outros posts

Próximo post
« Próximo post
Post Anterior
Próximo Post »

Compre na imago brinquedos

Compre na imago brinquedos
Utilize o cupom de desconto TOCADOTUX e ecnomize 5% na sua compra