Feliz aniversário Linux Torvalds

Feliz aniversário Linux Torvalds
Feliz aniversário Linux Torvalds
 Hoje (dia 28 de Dezembro), Linus Torvalds está completando 52 anos. Para celebrar essa data especial, no ultimo Domingo (dia 26) eu fiz uma live especial debatendo sobre seis projetos de sua autoria e que são utilizados no mundo inteiro e assim desmistificando o que muitos acreditam.

 Linus é o autor não somente do kernel Linux e da ferramenta git, ele é também o autor da Lei de Linus; dos comandos fdisk, mkfs, fsck, mkswap, swapon e swapoff (já debatidos anteriormente no vídeo clicando aqui); da ferramenta subsurface e do termo kernel hibrido.


 Só que esses não são os únicos projetos de autoria de Linus Torvalds. Em seu GitHub podemos encontrar mais projetos (alguns deles já citados aqui, outros não). Então desejamos a Linus Torvalds um feliz aniversário e muitos anos de vida com saúde e felicidade.



the route command
Outra contribuição de Linus Torvals foi a modificação do comando route para a versão pl15.

Lançado HelenOS 0.11.2

Lançado HelenOS 0.11.2
Lançado HelenOS 0.11.2
 Foi anunciando no dia 17 de Dezembro o lançamento do sistema operacional micro-kernel HelenOS que recebeu o codinome Vsevolod V. Volkov de Kiev Ukrania, o autor do Volkov Commander.

 Esse lançamento trás suporte a arquitetura AArch64 (para computadores single-board HiKey960); um novo gerenciador de arquivos baseado em painel chamado Navigator e trás também melhorias nas partes de interface de usuários (além de novos elementos), no modo texto, no editor de texto (além de portado para libui), no desempenho do suporte ao Raspberry Pi.

toybox recebendo sua própria versão do strace

toybox recebendo sua própria versão do strace
toybox recebendo sua própria versão do strace
 Recentemente foi lançada a versão 0.8.6 do terminal de comandos toybox. Somente dando uma recapitulada, o toybox é um terminal de comandos feito do zero e que passou a ser utilizado no Android a partir da versão 7. Todos os seus comandos foram e são desenvolvidos do zero; mesmo sendo comandos que você já tenha familiaridade, trata-se de suas próprias versões dos mesmos comandos sendo livre de códigos de terceiros. E como todos os seus comandos, o toybox receberá sua própria versão do comando strace.

Compilando o strace do toybox.
Compilando o strace do toybox.
 Essa primeira versão recebeu incialmente suporte apenas a um pequeno conjunto de system calls e opções, mas  já é possível realizar certos trabalhos normalmente. Uma parte fundamental que informam é que não há com o que se preocupar com certas funções do strace devido torná-lo muito complexo e que por esse motivo o Android nunca teve uma versão do strace (além de haver um período de transição gradativa dos micro-controladores)

strace do toybox e suas opções.
Opções strace do toybox.
 Uma informação que eu obtive é que Rob Landley quer uma versão de strace sem decodificação (apenas números brutos), o que esperam que não seja algo complicado. Tem também o fato de a glibc não utilizar as mesmas estruturas do kernel podem apresentar certos problemas, o que os leva a adicionar mais linhas de código para cada arquitetura que querem apresentar suporte (vale lembrar que a dietlibc utiliza a mesma estrutura do kernel Linux).

Rastreando o comando ls com o strace do toybox.
Rastreando o comando ls com o strace do toybox.
 Ainda há um longo caminho a ser percorrido; o strace do toybox está recebendo bugfix e talvez não terá a versão para MacOSX. Vamos aguardar para ver a evolução de mais um comando surgindo no toybox.

Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (5) A.I (1) ambiente gráfico (19) AMD (14) analise (9) Andriod (14) android (5) artigo (5) aws (1) bc (15) benchmark (3) BSDs (27) btrfs (30) bugs (1) Caixa de Ferramentas do UNIX (19) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (7) Código Fonte (53) comandos (24) comp (1) compressores (5) container (6) CPU (19) criptografia (4) crowdfunding (9) cursos (24) daemons (13) Debian (31) desenvolvimento (80) desktop (19) DevOps (3) DevSecOps (3) dic (1) Dica de leitura (86) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) Dicas TechWarn (1) diet libc (1) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (13) Docker (11) DragonflyBSD (20) ead Diolinux (2) edição de vídeo (5) EMMI Linux (4) emuladores (5) endless (5) English interview (3) Enless OS (2) entrevista (17) espaço aberto (82) evento (6) facebook (1) Fedora (10) filesystem (75) financiamento coletivo (2) fork (4) fox n forests (4) FreeBSD (20) Funtoo Linux (13) games (90) gerenciadores de pacotes (3) GOG (3) google (8) gpu (3) hardware (101) hash (1) helenos (3) I.A (1) init system (8) Intel (15) IoT (1) ispconfig (1) jogos (36) kde (1) kernel (134) lançamento (60) leis (1) LFCS (1) licenças (8) Linus (16) linus torvalds (2) Linux (194) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (5) LPI (8) LTS (1) machine learning (1) matemática (4) mesa redonda (27) microsoft (6) microst (1) muito além do GNU (146) não viva de boatos (9) navegadores (3) NetBSD (7) novatec (17) novidades (1) nuvem (1) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (12) open source (82) OpenBSD (5) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (39) padrim (2) palestras e eventos (5) partições (6) pentest (8) pipewire (1) processadores (27) professor Augusto Manzano (11) Programação (60) promoção (1) propagandas com Linux (8) Red Hat (21) redes (3) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (19) retrospectiva Linux (1) risc-V (1) runlevel (2) segurança digital (19) servidores (1) shell (3) sistema operacional (22) smartphones (3) Software livre e de código aberto (150) sorteio (3) Steam (9) Steam no Linux (7) supercomputadores (4) suse (7) systemd (7) terminal (83) terminal de comandos (11) toca do tux (1) toybox (23) tutorial (6) Tux (3) unboxing (7) UNIX (16) UNIX Toolbox (14) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (4) wayland (5) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (2) wine (14) WoT (1) ZFS (13) zsh (2)