Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta openzfs. Classificar por data Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens classificadas por relevância para a consulta openzfs. Classificar por data Mostrar todas as postagens

OpenZFS abandona o termo slave em seu código

OpenZFS abandona o termo slave em seu código
OpenZFS abandona o termo slave em seu código
 Na Quarta Feira (dia 10 de Junho) o desenvolvedor Matthew Ahrens da ZFS founding enviou  a pull request para o git do projeto OpenZFS. Não se trata de um bugfix ou adição de novos recursos e sim um cleanup alterando o termo "slave" para "dependents" de todo o código do OpenZFS.

 Na request, Matthew explica que sua motivação é que o efeito horrível da escravidão humana continua a afetar a sociedade e que o termo "slave" na computação é uma referencia desnecessária para uma dolorosa experiencia humana.

Pull Request de Matthew Ahrens
Pull Request de Matthew Ahrens
 A pull requeste foi aceita e a partir de agora iremos passar a utilizar o termo deps no ZFS. Então, fica a dica para irem se adaptando ao novo termo; não é algo que vai impactar no trabalho de ninguém, não é algo que necessite toda uma curva de aprendizado, é simplesmente uma mudança de termo.

 Esse já não é o primeiro caso que vemos acontecer no mundo de software que há a iniciativa de adotar um novo termo devido o anterior ser ofensivo. Pouco antes do escândalo em que Stallman se envolveu, um grupo resolveu criar um fork do editor de imagens Gimp pelo mesmo motivo. O fork recebeu o nome de Glimpse (vislumbre) já que o nome Gimp pode referir-se a vários termos ofensivos de acordo com o site Merriam.

Site oficial do editor de imagem Glimpse
Site oficial do editor de imagem Glimpse
 Será que o Bash não vai entrar na mesma onda? Há pouco tempo anarquistas apareceram segurando placas com a frase "IT TAKES A BULLET TO BASH A FASH" (é necessário uma bala para esmagar um arrogante). Em inglês, o termo bash tem os significados pancada, bater, xingar, esmagar, surrar.

 OK, podemos até afirmar que no caso terminal, Bash é o acrônimo de Born Again Shell fazendo referencia e homenagem ao terminal Born Shell e não tem nenhuma intenção de expressar nenhumas das palavras quemencionei. Sim, é verdade, mas o Gimp também não pois seu nome é a abreviação de GNU Image Manipulation Program e que anteriormente (antes de integrar o projeto GNU) era General Image Manipulation Program e mesmo assim resultou em um fork.
CLIQUE AQUI, VENHA APRENDER LINUX COMIGO E TORNE-SE UM VERDADEIRO PROFISSIONAL.
CLIQUE AQUI, VENHA APRENDER LINUX COMIGO E TORNE-SE UM VERDADEIRO PROFISSIONAL.
Livro ZFSpara usuários de openSolaris (Open Indiana), windows, Mac e Linux
Livro ZFSpara usuários de openSolaris (Open Indiana), windows, Mac e Linux fornecido pale editora Brasport
Beleza galera? Na live do Sábado passado (19/05/2018) eu dei alguns avisos. Destes avisos estão sobre o curso de LPI do Mateus Müller na Udemy, a ideia de ter um quadro no canal chamado Resenha Nerd ao invés do canal onde tratarei de assuntos de tecnologia que vemos no mundo da ficção, e anunciei que estaríamos vendendo novos livros sendo um deles o de ZFS.

Para quem perdeu a live e quiser conferir, basta conferir abaixo:

O livro foi disponibilizado a venda hoje e estou escrevendo este artigo para comunicar a todos vocês. Como todos sabemos (e como sempre menciono), o ZFS é o é o filesystem mais cobiçado da história dando origem a outros sistemas de arquivos inspirado nele como o NTFS, o BTRFS, o ReiserRF, o Tux3 (que foi descontinuado) e o Hammer.

Há até mesmo um artigo aqui no blog onde é feita uma comparação entre o Btrfs e o ZFS e que vale a pena ser conferido. Tem uma playlist no canal também toda voltada ao ZFS explicada pelo grande Ayr Müller. Mesmo havendo sistemas de arquivos com características semelhantes as do ZFS, este sistema de arquivos ainda assim é muito aguardado e desejado de forma nativa no Linux (e não via FUSE). Hoje temos acesso ao ZFS no Linux graças ao projeto OpenZFS e que já está disponível até mesmo nos repositórios.
openzfs-nos-repositorios-do-debian
OpenZFS nos repositórios do Debian (graças também a patches do Ubuntu)

Então, estou disponibilizando o livre para venda no mercado livre o pode ser obtido clicando aqui.

Com isso quero agradecer a editora Brasport por ter nos dado essa oportunidade de podermos comercializar livros. Então, não deixem de passar e conferir lá e estejam preparados para o futuro ;)

Lançado zfs on 0.8.4

Lançado zfs on 0.8.4
Lançado zfs on 0.8.4
 Mais ou menos no dia 13 de Maio foi lançada a versão 0.8.4 do Zfs on Linux (ou simplesmente ZoL). A situação ainda não melhorou desde que Linus disse para não utilizar o Zfs no Linux devido a incompatibilidade entre ambas as licenças. mesmo assim os projetos estão a todo o vapor querendo adotá-lo em seus repositórios.


 O ZoL 0.8.4 é compatível com o kernel 2.6.32  ao 5.6 (e já está trazendo compatibilidade com o kernel 5.7 que está em candidato a lançamento número 7 no exato momento em que escrevo). Não há grandes novidades nesta nova versão (mas que não desconsidero) que traz apenas correções de bugs e pequenas correções pequenos detalhes além da adições de recursos menos que estavam faltando e melhorias no desempenho. Tratam-se de recursos de baixo nível mais na linguagem de desenvolvedores. Tais informações podem ser lidas nos links na descrição deste artigo.


CLIQUE AQUI, VENHA APRENDER LINUX COMIGO E TORNE-SE UM VERDADEIRO PROFISSIONAL.
CLIQUE AQUI, VENHA APRENDER LINUX COMIGO E TORNE-SE UM VERDADEIRO PROFISSIONAL.

Lançado OpenZFS 2.0.0

 Dois dias atrás foi lançada a versão 2.0.0 do OpenZFS. Estranho foi o salto da versão 0.8.4 para a versão 2.0.0; mas como já dizia Linus Torvalds em sua biografia, números são coisas muito psicológicas. Esta nova versão traz suporte tanto a Linux quanto a FreeBSD no mesmo repositório  (o que leva a renomear ZFS on Linux para simplesmente Open ZFS).

 As principais novidades dessa nova versão são o ZStandard que traz alta performance e algorítimo de compressão similar ou melhor que a do GZIP; o Persistent L2ARC que elimina o cache warmup time (normalmente necessário após importar sua pool); Redacted para economizar espaço; Sequential resilver para reconstruir um mirror vdev que falhar. Há também mudanças no zpool e melhorias no desempenho.

Linus Torvalds afirma para simplesmente não utilizem o ZFS.

Linus Torvalds afirma para simplesmente não utilizem o ZFS.
Linus Torvalds afirma para simplesmente não utilizem o ZFS.
 ZFS é mais do que um sistema de arquivos, sendo estendido ao um Volume Manager e um controlador de RAID. Fortemente cobiçado por suas características como criptografia transparente, compressão, capacidade de armazenamento de 256 quadrilhões de zettabytes de volume (por se tratar de um sistema de arquivos de 128 bits), autocorreção, redimensionamento do tamanho de blocos e muito mais, o ZFS foi portado para IllimOS, Linux, Mac OSX, FreeBSD e Windows (sim, para Windows também).

 No dia 9 de Janeiro eu postei o video "O que eu espero para Linux em 2.020" e, uma delas, seria a versão 1.0 do OpenZFS. O problema é que exatamente um dia depois, sai a noticia em que Linus Torvalds informa aos usuários de Linus não utilizarem o ZFS (estamos falando do OpenZFS mesmo) pois há um grande problema de incompatibilidade entre as licenças do sistema de arquivos e do sistema operacional (o que pode resultar até mesmo em ações judiciais).


 Linus afirma que esse informe refere-se as aos desenvolvedores do kernel e de distribuições; porém, quem quiser utilizar o sistema de arquivos, que faça por conta e risco. Então, fica a dica.

Mais sobre o ZFS.

NÃO SE ESQUEÇA DE SE INSCREVER NO MEU CURSO DE MIGRAÇÃO PARA LINUX
NÃO SE ESQUEÇA DE SE INSCREVER NO MEU CURSO DE MIGRAÇÃO PARA LINUX
CURSO DE SHELL SCRIPT DO MATEUS MÜLLER
Cursos na Udemy

Resumo do Tux 04/06/2016

 Fala cambada. Beleza? Ó eu aqui TRAVEIS! Semana foi agitada e recheada de coisas por aqui. Então, bora para mais um resumo do Tux?

 Essa semana teve a segunda parte de "50 lugarem que Linux está rodando (e você talvêz nem faça ideia)" onde mostramos mais 5 lugares diferentes sendo o banco comercial e industrial estatal da China, as escolas e faculdades paquistanesas (por questão de custo), em Cuba (por questões de privacidade), o ministério da educação e ciência da Macedônia (sendo uma das maiores implantações de Linux em Desktop) e o serviço postal dos Estados Unidos (para garantir que o serviço dos servidores em cluster ficarão disponíveis durante a produção).
 Teve o ultimo capítulo da série "Espaço aberto - Assunto ZFS" onde abordamos sobre o desenvolvimento do OpenZFS e pode ser conferido aqui:


 Recebi um e-mail também do Raphael Hertzorg do site Freexian em que ele mostra um tablet/notebook rodando Debian:


 E por fim teve dois vídeos que traduzi numa talagada só. Confiram abaixo:




Ultimo capitulo da série "Assunto ZFS"


 Fizemos uma série imensa sobre o ZFS mostrando seus recursos e como ele pode beneficiar o Linux. Agora chegamos ao final desta temporada que agradeço muito ao Ayr Müller do blog www.mapforum.blogspot.com por ter nos dado essa contribuição.


Ultimo capitulo da série sobre o ZFS

 Para finalizar esta série, terminamos explicando sobre como não foi possível a incorporação do ZFS ao Linux, sobre o OpenZFS, como ele é desenvolvido e o que ele promete para o avanço do Linux. Espero que gostem e que estes vídeos tenham agregado bastante conhecimento a todos sobre o assunto :-)


Marcadores

A pior história sobre Linux que já ouvi (5) A.I (1) ambiente gráfico (15) AMD (14) analise (9) Andriod (8) artigo (5) benchmark (3) BSDs (20) btrfs (12) Caixa de Ferramentas do UNIX (19) canto do Diego Lins (2) certificações Linux (6) Código Fonte (50) comandos (17) comp (1) compressores (4) container (1) CPU (18) criptografia (2) crowdfunding (9) cursos (21) daemons (13) Debian (29) desenvolvimento (55) desktop (17) DevOps (1) DevSecOps (1) dic (1) Dica de leitura (52) dica DLins (2) dicas do Flávio (27) Dicas TechWarn (1) diocast (1) dioliunx (3) distribuições Linux (13) Docker (7) DragonflyBSD (15) ead Diolinux (2) edição de vídeo (4) EMMI Linux (4) emuladores (5) endless (5) English interview (2) Enless OS (2) entrevista (16) espaço aberto (83) evento (4) facebook (1) Fedora (4) filesystem (59) financiamento coletivo (2) fork (3) fox n forests (4) FreeBSD (12) Funtoo Linux (13) games (87) gerenciadores de pacotes (2) GOG (3) google (8) gpu (3) hardware (99) I.A (1) init system (7) Intel (15) IoT (1) ispconfig (1) jogos (33) kernel (114) lançamento (43) leis (1) LFCS (1) licenças (7) Linus (15) linus torvalds (1) Linux (188) linux foundation (3) linux para leigos (1) live (4) LPI (8) LTS (1) machine learning (1) meetup (1) mesa redonda (27) microsoft (3) microst (1) muito além do GNU (120) não viva de boatos (9) navegadores (3) NetBSD (3) novatec (17) o meu ambiente de trabalho (3) off-topic (12) open source (79) OpenBSD (3) OpenShift (1) os vários sabores de Linux (39) padrim (2) palestras e eventos (3) partições (6) pentest (6) processadores (26) professor Augusto Manzano (11) Programação (40) propagandas com Linux (8) Red Hat (13) redes (2) resenha nerd (4) Resumo da Semana do Dlins (2) resumo do Tux (19) retrospectiva Linux (1) risc-V (1) runlevel (2) Secomp (1) segurança digital (14) servidores (1) shell (1) sistema operacional (18) Software livre e de código aberto (148) sorteio (3) Steam (8) Steam no Linux (6) supercomputadores (4) suse (5) systemd (7) terminal (73) toca do tux (1) toybox (15) tutorial (6) Tux (3) unboxing (7) UNIX (15) UNIX Toolbox (14) vartroy (1) vga (1) vulnerabilidade (3) wayland (2) whatsapp (1) Windows Subsystem for Linux (1) wine (12) WoT (1) ZFS (9)